Mattos revela valores da proposta que Deyverson recusou para ficar no Palmeiras em 2019: 'Eu quis bater a cabeça na parede'

LANCE!/NOSSO PALESTRA
·2 minuto de leitura


O ex-diretor de futebol do Palmeiras, Alexandre Mattos, concedeu entrevista ao LANCE!/NOSSO PALESTRA e a outras mídias palmeirenses em live no YouTube no canal Amici 1914, nesta terça-feira (23). Entre muitos assuntos, o dirigente revelou os detalhes da proposta recusada pelo atacante Deyverson ainda em 2019.

20 motivos para acreditar que o Palmeiras vai seguir faturando títulos nos próximos anos

Atualmente emprestado ao Alavés, da Espanha, e ainda vinculado ao Verdão, Deyverson poderia ter deixado o clube em 2019 por uma quantia milionária, segundo Mattos.

- Saímos da reunião com 12,5 milhões de euros assinados pelo Palmeiras e pelo clube chinês. O Deyverson receberia cinco milhões de euros por ano. Ele recusou. Eu quis bater a cabeça na parede - disse o ex-diretor.

>> Veja a tabela completa do Campeonato Paulista e simule os próximos jogos

Na época, os 12,5 milhões de euros correspondiam a cerca de 64 milhões de reais e os cinco milhões de euros anuais que o atacante receberia no Shenzhen FC, da China, significariam um salário mensal de um pouco menos de 2 milhões de reais, o que é fora da realidade para qualquer atleta no futebol brasileiro.

Mesmo assim, muito querido por Felipão e esperando o nascimento de seu filho com sua então namorada, Deyverson recusou a oferta e decidiu por permanecer no Palmeiras.

Meses depois, o jogador deixou o clube por empréstimo, com obrigação de compra mediante metas, rumo ao Getafe, da Espanha, mas não conseguiu alcançar as metas. Sem espaço, ele foi emprestado novamente, dessa vez para o Alavés, também do futebol espanhol. Seu contrato vai até junho de 2021.

Em julho de 2017, o Palmeiras pagou ao Levante, da Espanha, cinco milhões de euros (aproximadamente R$ 19 milhões, na cotação da época) por 70% dos direitos econômicos de Deyverson. O contrato do atacante com o Verdão é válido até junho de 2022. Não há informações sobre um possível retorno do jogador ao Alviverde quando se encerrar o empréstimo.

No total, entre expulsões e cobranças da torcida, Deyverson deixou o Palmeiras com 100 partidas, 24 gols e um título, o do Brasileirão de 2018, no qual marcou o gol do título na vitória por 1 a 0 sobre o Vasco, em São Januário.