Matheus Ribeiro ganha chance de ouro para ter sequência no Santos

Contratado no fim de 2016, após conquistar o Brasileirão da Série B com o Atlético-GO, Matheus Ribeiro chegou ao Santos com status de polivalente, já que é ambidestro e mesmo sendo lateral-direito de origem, também pode atuar pela esquerda. Porém, após quase quatro meses, o jovem de 24 anos ainda não conseguiu deslanchar na equipe comandada por Dorival Júnior e terá a grande oportunidade de mostrar seu valor nesta quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), quando o Peixe encara o Paysandu, na Vila Belmiro, pelo confronto de ida das oitavas de final da Copa do Brasil.

Nas três oportunidades que recebeu em 2017, o lateral atuou pela direita. Contra o Papão, porém, ele será titular do lado esquerdo. Com Jean Mota suspenso na Libertadores, Dorival decidiu colocar Matheus Ribeiro para que ele ganhe entrosamento e ritmo de jogo.

O comandante usará o embate diante do Paysandu como um teste para Matheus. Caso ele entre bem nesta quarta, irá assumir novamente o posto diante do Santa Fe, no próximo dia 4, no Pacaembu.

“É um jogador que quer muito a oportunidade, tenho certeza que vai dar o seu máximo para nos ajudar. A gente vai conversar muito para que não sinta o ritmo de jogo, vamos procurar ajudar. Tenho certeza que vai dar conta do recado. Ele é destro, mas sabe jogar na lateral esquerda. Estamos conversando bastante com ele nesses dias de treinamento, ele pode dar conta do recado”, explicou o zagueiro David Braz.

Se Matheus Ribeiro não corresponder contra o Papão, o técnico Dorival Júnior estudará outras opções para substituir Jean Mota diante do Santa Fe. O lateral-direito Daniel Guedes e até o atacante Jonathan Copete podem ser utilizados na posição.