Matheus Fernandes valoriza Taça Rio para reservas do Botafogo: 'Vale tudo'

Felippe Rocha
Volante de 18 anos quer utilizar a final do segundo turno do Carioca para justificar a participação nos jogos da Copa Libertadores. E crê que os companheiros pensam o mesmo

Embora já tenha até sido titular na Copa Libertadores, Matheus Fernandes não esteve no grupo que jogou contra o Atlético Nacional, na Colômbia. Por opção do técnico Jair Ventura, o volante ficou no Rio, e deve ser titular do Botafogo contra o Vasco, na final da Taça Rio, neste domingo. Obviamente, o jogador gostaria de estar na competição continental, e faz disso motivação nesta partida, em tese, menos importante.

- Para mim vale tudo. Desde que cheguei aqui no profissional (esta é a primeira temporada), todos os jogos são finais. Vale título, vale tudo. Quero estar na Libertadores, quero estar em todos os jogos, e aqui é minha oportunidade de jogar - afirma o faminto meio-campista, de 18 anos.

Nesta sexta-feira da Paixão de Cristo, feriado, assim como em todo esse período de Páscoa, o Botafogo mantém suas atenções voltadas para as atividades e para as competições. Mas o jogador não quer saber de descansar. Muito menos passear às vésperas do Clássico da Amizade.

- Fácil? Fácil para quem está assistindo. Minha viagem é o campo, minha praia é o campo. Foco na final, no jogo. É um clássico - lembra o volante.





E MAIS: