Matheus Cunha ressalta sentimento em estrear pela Seleção: 'Estar aqui significa ser um dos melhores'

·4 minuto de leitura


A Seleção Brasileira suou para vencer o Chile nas Eliminatórias, e a vitória pelo placar mínimo não foi das mais convincentes, mas foi de extrema importância para Matheus Cunha.

ATUAÇÕES: Weverton e Everton Ribeiro garantem vitória da Seleção

O atacante que fez sucesso nas categorias de base realizou sua estreia na seleção principal aos 32 minutos do segundo tempo. Apesar do pouco tempo dentro de campo, Matheus esbanjou alegria com esses valiosos minutos.

- Muito feliz e gratificante estrear com a camisa da Seleção Brasileira. Estar na seleção significa ser um dos melhores. É um sonho de criança e foi inexplicável. Nós nos preparamos sempre, queremos estar pronto para quando for chamado, possamos ajudar, e graças a Deus foi hoje, em um resultado importante e um jogo muito difícil. - disse.

O atacante não escondeu a ansiedade em debutar com a Amarelinha, e revelou quão especial é representar o seu país.

- É sempre algo mágico estar com essa camisa, e espero que, sendo numa dose boa, positiva, ter essa ansiedade, o frio na barriga para ter o brilho no olhar de vestir essa camisa. - revelou.

Matheus Cunha se mostrou satisfeito pelo resultado, especialmente pelas dificuldades impostas pelo Chile.

- Acredito que foi um jogo muito difícil. O Chile, jogando em casa, é uma equipe com muita qualidade. Soubemos suportar eles. Eu entrei e pude ajudar, assim como os outros meninos que também entraram, fizemos o possível para ajudar. O mais importante agora é descansar e manter a cabeça focada no próximo jogo, próximo objetivo. - afirmou.

Sobre a próxima partida, diante da Argentina no domingo (5), às 16h, o atacante acredita que Tite terá 'bons problemas' para montar a escalação.

- É sempre gratificante deixar dor de cabeça no treinador, pois é um grupo forte, e esse é o trabalho dele, escolher quem vai estar no próximo jogo, e todos querem ajudar muita a Seleção Brasileira. - ponderou.

VEJA TABELA E SIMULE OS PRÓXIMOS JOGOS DO BRASIL NAS ELIMINATÓRIAS

Matheus entrou em um momento no qual ambas equipes estavam com os nervos à flor da pele, mas o jovem atacante não se deixou abater com a catimba adversária, e mostrou que sabe lidar com essa situação.

- É gostoso. Já tinha disputado alguns jogos pelas seleções de base, então eu já esperava, sabia como seria a torcida. É muito gostoso estar dentro de campo, sentir o que eu acompanhei desde muito novo, e hoje sentir isso na pele, brigando, disputando. O mais importante é que competimos até o final, tivemos esse espírito de grupo, independente das situações do jogo, sempre estivemos juntos, disputando todas as bolas. - disse o atleta.

Ainda sobre o jogo, ele comentou sobre as funções que pode exercer no ataque, e o pedido de Tite nos minutos finais da partida.

- Essa função de 9 que eu venho exercendo, já nas seleções de base, e agora no Atlético de Madrid, me sinto muito bem nela. E claro, se precisar nas pontas, como segundo atacante, me sinto muito confortável em todas essas funções. Quero sempre ajudar. O Tite pediu para eu fechar o meio, pois o Neymar estava mais livre na frente, com a potência dele no contra-ataque, e eu fechando mais um pouco, já que o Chile impôs um pouco mais de dificuldade, pois eles precisavam do resultado. Espero ter cumprido o que ele pediu. - disse.

Ainda, ele comentou sobre a briga por posição no seu novo clube. Matheus Cunha foi contratado pelo Atlético de Madrid, que conta com Ángel Correa, João Félix e Suárez no ataque. Ainda, os Colchoneros contrataram por empréstimo Griezmann nos minutos finais da janela.

Apesar da competição, o brasileiro ressaltou a importância de sempre estar com os melhores.

- Eu fico muito feliz em estar dentre os melhores. Eu quero disputar com todos, pra mostrar meu valor e aprender com cada um. Isso é o mais importante, igual na seleção. Estando entre os melhores você se prepara cada vez mais, você cria o hábito de querer e aprender mais. Que ele (Griezmann) venha e cada vez mais possa nos ajudar. No que precisar, estarei à disposição, brigando por vaga com quem quer que seja, porque o mais importante é a disputa sadia que engrandece o grupo e busque novamente o título espanhol. - concluiu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos