Matheus Bidu não deve permanecer no Cruzeiro em 2023, diz jornalista

Bidu seria uma das principais opções do Corinthians para a ala-esquerda (Gustavo Aleixo/Cruzeiro)


O Cruzeiro não deverá seguir com Matheus Bidu para a temporada de 2023. O lateral esquerdo deverá engrossar a longa lista de jogadores que não deverão continuar no time mineiro no próximo ano.

A informação foi antecipada pelo jornalista Samuel Venâncio. Bidu estava emprestado pelo Guarani ao Cruzeiro, com opção de compra até o dia 30/11, mas que não deverá ser exercida. A multa contratual do lateral esquerdo é 1,2 milhões de euros (cerca de R$ 6 milhões) por 60% de seus direitos.

O principal motivo da não-permanência de Bidu no Cruzeiro é o alto valor de sua multa para a realidade do clube, no momento. O Cruzeiro já monitora outros jogadores no mercado, como Juninho Capixaba, do Fortaleza, para um possível investimento.

Após a vitória contra o CSA, que marcou a entrega da taça de campeão da Série B do Brasileirão pra o Cruzeiro, no último domingo, Matheus Bidu chegou a expressar sua vontade de continuar no time celeste, mas disse que deixa para que seus agentes resolvam a situação com a diretoria do clube.

- Em questão dos bastidores, eu procuro não me preocupar e deixo para a diretoria do clube e meus agentes resolverem isso. Eu só me preocupo em focar dentro do campo. Mas minha vontade é de ficar - expressou o lateral.