Matías Viña segue no radar europeu e Palmeiras não descarta negócio; Roma de olho

·1 minuto de leitura

Matías Viña fora do Palmeiras? Pois então, essa é uma possibilidade. Ao mesmo tempo em que a diretoria do Verdão não descarta ter que fazer algum negócio para amenizar perdas financeiras oriundas da pandemia de coronavírus, o lateral-esquerdo é um jogador com portas abertas no mercado da Europa.

Viña é observado de perto pelo mercado europeu | ANDRE PENNER/Getty Images
Viña é observado de perto pelo mercado europeu | ANDRE PENNER/Getty Images

O atleta de 23 anos, antes de chegar à Academia de Futebol, já era observado por times do Velho Continente. E o fato de possuir passaporte europeu facilitaria a sua entrada em clubes do outro lado do Atlântico. Se diz, por exemplo, que o Porto poderia oferecer até 8 milhões de euros pelos 57,5% dos direitos econômicos que pertencem ao Palmeiras - isso daria algo em torno de R$ 48 milhões. Também se fala em um possível interesse da Roma, que já teria encaminhado uma oferta de 10 milhões de euros.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Se esses números se confirmarem, é bem provável que o Verdão abra mão do gringo, que é titular da seleção uruguaia e foi contratado em janeiro de 2020 por 3,5 milhões de euros (na época, R$ 16,5 milhões) junto ao Nacional-URU. O vínculo do lateral termina apenas em 2024. Porém, todas essas circunstâncias fazem do gringo o jogador mais procurado do time paulista, como destaca o GE.

Para mais notícias do Palmeiras, clique aqui.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos