Masvidal descarta duelo com McGregor e provoca: "Não quero ir para a cadeia por matar alguém"

Jorge Masvidal vem de duas vitórias seguidas por nocaute no Ultimate – Scott Garfitt

Perto de voltar a competir pelo Ultimate, Jorge Masvidal mostrou que segue com a língua afiada e não alivia nada quando o assunto é um possível confronto diante de Conor McGregor. Antes disso, porém, o americano tem luta marcada contra Nate Diaz, no UFC 244, dia 2 de novembro, em evento marcado para Nova York (EUA).

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Após derrotar Ben Askren, com apenas cinco segundos de luta, Masvidal chamou a atenção do McGregor, que, através das redes sociais, se mostrou disposto a encará-lo. No entanto, por ora, esse desejo não será atendido, e o americano, em entrevista ao programa ‘Get Up’, da ‘ESPN’ não perdeu a oportunidade de tirar um sarro do ex-campeão dos penas (66 kg) e dos leves (70 kg) da organização.

“O presidente (Dana White) considerou que não era boa (essa luta) porque eles não querem uma acusação de homicídio. Eles não vão permitir que isso aconteça. Então não quero ir para a cadeia por matar ninguém. Estou aqui para competir e continuar espancando as pessoas”, afirmou o americano.

Atualmente, Masvidal e McGregor estão em categorias diferentes no UFC. O primeiro está nos meio-médios, enquanto o segundo, nos leves. No entanto, o “Notorious” já esteve na divisão de cima, quando encarou Nate Diaz, em dois combates, com uma vitória e uma derrota, ambos em 2016.

Jorge Masvidal vem de uma sequência positiva no Ultimate, com duas vitórias sobre Darren Till e Ben Askren, ambas por nocaute. Já Conor McGregor não luta desde outubro de 2018, quando foi superado por Khabib Nurmagomedov, em disputa pelo cinturão dos leves.


Leia também