Mastercard não vai exibir marca durante Copa América

·1 minuto de leitura
MILAN, ITALY - MAY 28 : The mastercard stand outside the stadium before the UEFA Champions League Final match between Real Madrid and Club Atletico de Madrid at Stadio Giuseppe Meazza on May 28, 2016 in Milan, Italy. (Photo by Catherine Ivill - AMA/Getty Images)
Ativação da MasterCard na final da Champions League de 2016 (Catherine Ivill - AMA/Getty Images)

Uma das principais patrocinadoras da Copa América, a Mastercard decidiu que não fará ações de promoção e exposição da marca durante o evento no Brasil, que tem início marcado para o próximo domingo (13). 

>> Ouça o 'Segunda Bola', o podcast do Yahoo com Alexandre Praetzel e Jorge Nicola

“Após análise criteriosa, decidimos por não ativar nosso patrocínio à Copa América no Brasil”, disse a empresa em nota divulgada por Folha de São Paulo e Veja.

Leia também:

A empresa seguirá como patrocinadora, mas não deve mostrar sua marca durante as partidas e nem fazer ações com o público ao longo do torneio, algo comum para patrocinadores em grandes eventos esportivos.

Apoiadora da Copa América desde 1992, a Mastercard renovou o patrocínio em fevereiro, em um contrato que engloba as próximas duas edições dos torneios masculino e feminino.

Inicialmente, o torneio seria sediado por Argentina e Colômbia, mas os dois países deixaram a organização pelo avanço do coronavírus e os protestos sociais, respectivamente. Com isso, Conmebol e CBF entraram em acordo com o Governo Federal para que a Copa América fosse disputada no Brasil.