Massa rebate Vettel após polêmica e lamenta nono lugar

Neste domingo foi realizado o Grande Prêmio da Rússia, e uma polêmica entre Sebastian Vettel e Felipe Massa aconteceu no final da corrida. Nos momentos finais da prova, o tetracampeão tentava se aproximar de Valtteri Bottas, que liderava, mas acabou tendo dificuldades para ultrapassar o brasileiro, o que ajudou o finlandês a abrir vantagem e encaminhar sua vitória.

Bottas não teve maiores dificuldades para ultrapassar Massa, que aparecia como retardatário, mas Vettel não conseguiu imediatamente, perdendo um contato mais próximo do piloto da Mercedes. Sebastian ficou irritado imediatamente, e chegou a mostrar o dedo do meio a Felipe. Porém, o brasileiro não se incomodou com a situação.

Ao final da corrida, Massa declarou que deu espaço para que Vettel o ultrapassasse, mas o alemão optou por não concluir o ataque. Além disso, o piloto brasileiro ironizou as declarações do tetracampeão, conhecido por se exaltar nas críticas.

“Ele reclamando pelo rádio? Sério? Ele nunca faz isso. Eu deixei toda a parte de dentro da pista para ele, e já tinha tirado o pé para ele me ultrapassar e ele não quis. Vi que ele estava com medo de colocar o carro por dentro, então eu fui para a esquerda e deixei ele passar depois. De qualquer forma, não tenho certeza de que ele ultrapassaria Valtteri na última volta. Ele adora reclamar”, disse Felipe.

Massa terminou na nona colocação na Rússia, e não ficou feliz com o resultado. Depois de passar grande parte da prova na sexta colocação, um dos pneus do brasileiro apresentou um furo, o que obrigou Felipe a fazer um segundo pit stop, o que o fez perder pontos e posições importantes.

“Estou desapontado, tivemos azar com os pneus. Foi triste e doloroso que o time perdeu pontos importantes, mas não podíamos fazer nada a respeito”, continuou o piloto.

Por fim, Massa exaltou a primeira vitória da carreira do finlandês. Nas últimas três temporadas, Massa e Bottas foram companheiros na Williams.

“Estou muito feliz que o Valtteri conquistou sua primeira vitória. Eu sabia, quando ele acertou com a Mercedes, que faria um bom trabalho na equipe, como ele fez na Williams, e é isso que está fazendo. Ele será um piloto diferente agora que alcançou sua primeira vitória”, finalizou.