Martinelli, Yago Felipe e Nino voltam bem e melhoram Fluminense de Roger Machado

LANCE!
·4 minuto de leitura


Nesta terça-feira, o Fluminense venceu o Boavista por 2 a 0, fora de casa, e conseguiu o terceiro triunfo consecutivo no Campeonato Carioca. Assim, uma parcela da vitória pode ser colocada nas boas atuações dos jogadores do time principal que retornaram à equipe após as férias do Brasileirão. Além do zagueiro Nino, e dos volantes Martinelli e Yago Felipe, Hudson atuou por alguns minutos e Marcos Felipe, que já vinha sendo utilizado, também se destacou ao defender a cobrança de pênalti do Boavista.

> Veja a classificação do Carioca após a vitória do Tricolor

Embora Roger Machado ainda não tenha relacionado todos os atletas do time principal - buscando dar mais chances para os jovens da base -, na partida contra o Boavista, Nino, Yago Felipe e Martinelli foram essenciais para a vitória.

A começar pela atuação segura do zagueiro. Enquanto Matheus Ferraz vacilou ao furar a bola e originar a jogada do pênalti a favor do time de Saquarema, Nino foi bem nas saídas do sistema defensivo e salvou o Fluminense de levar um gol. Isso porque, logo após o goleiro Marcos Felipe defender a cobrança de Jean, no rebote, a bola voltou a feição para o lateral marcar, porém, o defensor Tricolor deu carrinho providencial e conseguiu bloquear o chute.

Além disso, mais uma vez o atleta se mostrou seguro no princípio das jogadas. Isso porque, com os bons passes, Nino apresentou um repertório de zagueiro construtor e, embora não tenha sido brilhante, foi necessário para abrir espaços e dar liberdade aos volantes.

Os números da partida são a prova disso: segundo dados do site 'Footstats', o jogador deu 46 passes certos e errou apenas um - aproveitamento de 97.9% nesse quesito. Fora isso, de três tentativas de lançamento, o jogador acertou duas e só perdeu a posse de bola uma vez durante o jogo.

Já o volante Martinelli foi outro que agradou em seu primeiro jogo da temporada. Apesar da função de marcador, o jovem de 19 anos foi bem na armação e, no segundo tempo, até jogou adiantado como meia, após a saída de Michel Araújo. Em geral, o atleta mostrou o porque terminou em alta o último Brasileirão e deu as provas para Roger de que deve ser o titular da posição. Veja os números do jogador contra o Boavista:

Passes:
60 certos / três errados (95.2%)
Desarmes: três
Cruzamentos: um certo
Lançamentos: dois certos / dois errados
Interceptações: uma
Assistência para finalização: uma

O meio campo Yago Felipe, provavelmente, foi o melhor 'veterano' em campo. Muito pela a importância que o atleta desempenhou na partida, uma vez que fez o primeiro gol do confronto. Porém, não só de gol se resume a atuação do jogador. Além de jogar os 90 minutos, Yago foi participativo e se voluntarioso para seus companheiros. Embora não tenha feito uma primeira etapa brilhante, se movimentou e buscou alternativas dentro da boa marcação do Boavista.

No segundo tempo, o jogador jogou com um pouco mais de liberdade, se aventurou no ataque e fez o gol que abriu o placar. É claro que, se não fosse o desvio no zagueiro, dificilmente Kléver não conseguiria fazer a defesa. No entanto, vale ressaltar o esforço do jogador em tentar algo diferente, principalmente em um momento no qual a partida se mostrava truncada com poucas oportunidades. Veja os números de Yago no duelo em Saquarema:

Gols: um
Finalizações: uma certa
Passes: 27 certos / seis errados
Desarmes: três
Lançamentos: um certo / um errado
Interceptações: uma certa
Assistência para finalização: uma

Além dos três do time principal que foram titulares, Marcos Felipe, Hudson e Caio Paulista também atuaram. Já Calegari, ficou no banco. O goleiro, por sua vez, pouco trabalhou, mas foi decisivo ao defender a cobrança de pênalti do lateral Jean, ainda no primeiro tempo. O atacante Caio Paulista entrou na metade da etapa final e não se omitiu, igualmente a Hudson, que apesar dos poucos toques na bola, cumpriu bem a função defensiva.

O Fluminense chegou aos nove pontos com a vitória e, agora, ocupa a 3ª colocação do Carioca. Por conta do decreto que anulou as partidas de futebol na cidade do Rio, o Tricolor teve seu jogo contra o Volta Redonda, pela 5ª rodada, remanejado para o próximo dia 26 às 16 horas, no Elcyr Resende, em Bacaxá.