Martín Silva avalia como deve ser a postura do Vasco contra o Vitória

O Vasco se prepara para a partida desta quinta-feira, contra o Vitória, pela Copa do Brasil. Os cruzmaltinos precisam vencer os baianos no Barradão ou empatar por dois ou mais gols de diferença. O goleiro Martín Silva falou sobre como os cariocas deverão se portar para conseguir avançar da competição.

“Precisamos segurar o embalo inicial do Vitória, que terá o apoio da torcida, para nos acostumarmos com o ambiente. Depois temos que ser protagonistas e conseguir o gol necessário para classificação. No Vasco sempre somos obrigados a buscar a vitória, assim como acontece no Carioca ou Brasileiro. Este jogo será um bom teste para nós”, disse.

Martín Silva falou sobre a possibilidade da disputa ser decidida nos pênaltis. Isso pode acontecer caso a partida termine empatada em 1 a 1, mesmo resultado o duelo de ida em São Januário.

“É claro que estudo um pouco mais do que o normal, porque podem ter mais cobranças. É parte da rotina. Nesse caso será preciso analisar bastante o plantel do Vitória. Tenho a cabeça sempre positiva, com confiança. Penso que sou capaz de defender, não me sinto em posição de inferioridade quando enfrento um batedor”, declarou.

Por fim, o goleiro comentou sobre a atuação situação do técnico Cristóvão Borges, que vem sendo muito criticado pela torcida vascaína.

“Ele está firme, convencido de que vai mudar essa cara do Vasco. Vemos ele com confiança no grupo. Nós também temos confiança nele. É importante isso. O resultado positivo vai vir. Claro que incomoda a todos sentir essa pressão no treinador, porque sabemos que ele não é o único responsável. Temos que fazer nossa parte também”, finalizou.