Martín Cáceres conta como foram os dias que teve durante o coronavírus


Um dos jogadores da Fiorentina a ter contraído o novo coronavírus, o uruguaio Martín Cáceres revelou os momentos que teve ao conviver com a doença. Segundo o zagueiro, que sofreu os primeiros sintomas no início de março, a COVID-19 ficou em seu corpo por dois meses.

- Tive os primeiros sintomas na semana entre os dias 8 e 15 de março. Nos dias seguintes eu sentia o vírus nos meus pulmões. Me disseram que eu teria que ficar 20 dias de quarentena para que tudo passasse, mas parece que o vírus ficou apaixonado por mim, não queria ir embora - disse Cáceres pelas redes sociais.

Após a volta dos clubes italianos aos treinamentos, que aconteceu no início do mês, a Fiorentina anunciou que seis pessoas do clube estavam infectados, incluindo três jogadores. Agora recuperado, o jogador, enfim, poderá voltar a treinar com o elenco.

- Sem saber, tive o coronavírus durante 60 dias no meu corpo. Finalmente agora eu tive um resultado negativo em dois exames consecutivos. Me sinto um homem novo.






Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também