Marrocos tentar quebrar "maldição das quartas" que assombra seleções africanas

Jogadores do Marrocos comemoram classificação às quartas na Copa do Mundo do Catar. Foto: Simon Bruty/Anychance/Getty Images
Jogadores do Marrocos comemoram classificação às quartas na Copa do Mundo do Catar. Foto: Simon Bruty/Anychance/Getty Images

Marrocos entra em campo amanhã (10) como última representante do continente africano ainda na disputa da Copa do Mundo do Catar. Contra Portugal os marroquino tentam vencer a "maldição das quartas" que tem acometido todos os países da África que conseguem chegar até essa fase.

Foram apenas três seleções que conseguiram o feito de disputar as quartas-de-final, mas apesar de terem boas equipes e bom futebol, nenhuma seguiu adiante. Conheça a história das três seleções africanas com melhores campanhas em Copas do Mundo: Camarões, Senegal e Gana.

Leia também:

CAMARÕES - 1990

Os Leões Indomáveis iniciaram a campanha em 90 já causando uma das maiores zebras da história dos mundiais, e venceram a então campeã Argentina, de Maradona, por 1 a 0. Camarões terminou a fase de grupos como primeira de seu grupo. A equipe, que era liderada por Roger Milla passou pela Colômbia nas oitavas-de-final e caiu nas quartas para a Inglaterra. Nas oitavas Senegal eliminou a Suécia após um "gol de ouro" na prorrogação, e chegou às quartas contra a Turquia. Acabou sendo eliminado também na prorrogação, por um gol de ouro.

SENEGAL - 2002

Os Leões Indomáveis iniciaram a campanha em 90 já causando uma das maiores zebras da história dos mundiais, e venceram a então campeã Argentina, de Maradona, por 1 a 0. Camarões terminou a fase de grupos como primeira de seu grupo. A equipe, que era liderada por Roger Milla passou pela Colômbia nas oitavas-de-final e caiu nas quartas para a Inglaterra. Nas oitavas Senegal eliminou a Suécia após um "gol de ouro" na prorrogação, e chegou às quartas contra a Turquia. Acabou sendo eliminado também na prorrogação, por um gol de ouro.

GANA - 2010

Classificadas às oitavas de final pelo saldo de gols, Gana viveu muitas emoções nas fases eliminatórias da Copa da África do Sul, primeiro na partida contra os Estados Unidos, quando venceu com um gol na prorrogação e se classificou para as quartas. Foi então que veio o Uruguai. Gana começou vencendo, mas levou o empate com gol de Diego Forlán, craque da Copa de 2010. Na prorrogação Gana teve a chance de vencer o jogo no último lance do jogo. Após Luis Suárez colocar a mão na bola para defender o que seria um gol ganês, Asamoah Gyan cobrou no travessão o pênalti que poderia ter colocando Gana na semifinal. Na disputa de pênaltis o Uruguai levou a melhor e deixou os africanos pelo caminho.