Marrocos desiste de participar do Campeonato Africano de Nações

(Marrocos desiste de participar de campeonato africano (EFE/EPA/Mohamed Messara)


Sensação da última Copa do Mundo, a seleção de Marrocos vai ficar fora de um torneio importante no começo do ano. A Federação Marroquina de futebol (RFMF) anunciou, nesta quinta-feira, a desistência da participação no Campeonato Africano de Nações, devido às tensões do país com a Argélia, que sediará o torneio, e que resultaram na proibição de chegadas de voos partindo do solo marroquino.

A entidade de Marrocos explicou a decisão, dizendo que a seleção não está em condições de deslocar-se à cidade argelina de Constantine, visto que a autorização para o voo da Royal Air Maroc (RAM), transportadora oficial da seleção marroquina, de Rabat ao país vizinho não foi confirmado.

+ Confira as notícias do mercado da bola no vaivém do L!

Em dezembro de 2022, a FRMF enviou um pedido à Confederação Africana de Futebol (CAF), enfatizando que Marrocos não participaria do torneio caso a Argélia se recusasse a permitir que a delegação marroquina voasse diretamente de Rabat para Constantine com a companhia aérea oficial.

Na nota de hoje, a federação também destacou que a seleção já tinha iniciado a preparação para o torneio no centro de treinamento, na cidade de Sale e que a viagem estaria organizada para o dia 13 de janeiro. No entanto, o voo não foi confirmado, pela ausência de uma autorização do governo do país-sede. A mídia argelina diz que a ausência de uma resposta oficial indicaria uma rejeição da Argélia em aceitar o pedido dos marroquinos.

O governo argelino entrou em atrito com Marrocos em 2021 depois de acusar os vizinhos de interferirem em assuntos internos do país.

O Campeonato Africano de Nações é um torneio no qual só atuam jogadores que atuam dentro do país de origem, diferentemente da Copa Africana de Nações, principal competição continental entre seleções da África.