Marquinhos usa goleada sofrida pelo PSG como lição para o Brasil

A nova ordem na Seleção Brasileira é evitar a euforia provocada pelas sete vitórias consecutivas nas Eliminatórias para a Copa do Mundo, a última delas uma goleada por 4 a 1 sobre o Paraguai. Neste domingo, o zagueiro Marquinhos deu a sua contribuição ao recordar uma decepção que teve a serviço do Paris Saint-Germain, da França.

“Vínhamos de uma vitória por 4 a 0 sobre o Barcelona com muita coisa boa em torno de nós. Aí, perdemos por 6 a 1. O futebol é feito de momentos”, comentou Marquinhos, referindo-se à surpreendente eliminação do PSG diante do Barcelona, nas oitavas de final da Liga dos Campeões.

A derrota ao menos tem servido de lição para o defensor revelado pelo Corinthians. “Procuro ser muito positivo na minha vida, sempre tirando uma casquinha positiva das coisas. É difícil fazer isso em uma derrota como aquela, mas existe o lado de manter os pés no chão, de saber que o futebol é feito de momentos”, repetiu.

O momento atual da Seleção Brasileira desperta entusiasmo. Após o maior vexame da história do futebol nacional, a goleada por 7 a 1 para a Alemanha na Copa do Mundo disputada em casa, o time que era criticado sob o comando de Dunga alcançou a liderança disparada das Eliminatórias com Tite. Totaliza 30 pontos, contra 23 do segundo colocado Uruguai, e está virtualmente classificado para o Mundial da Rússia.

“Enquanto a classificação não estiver matematicamente definida, vamos manter os pés no chão”, advertiu Marquinhos. “Estamos trilhando um bom caminho, mas o mais importante é ganhar coesão e confiança até o grande objetivo, a Copa do Mundo, chegar”, complementou.

O próprio Marquinhos reconhece, contudo, que é difícil não se empolgar com o Brasil de Tite. Quando está em campo pelo time nacional, o jogador do PSG já sente que a sua equipe voltou a impor respeito às adversárias.

“Percebo isso, sim. Hoje, o momento que vivemos está fazendo com que vejamos admiração e carinho de todos pelo nosso trabalho. Vamos aproveitar essa fase de confiança para progredir cada vez mais”, almejou Marquinhos, que terá o Paraguai como próximo oponente, na noite de terça-feira, em Itaquera.