Marquinhos Santos e diretoria do Juventude elogiam postura dos torcedores contra o América-MG

·1 minuto de leitura


O Juventude não conseguiu conquistar seu objetivo na partida de ontem (09 de outubro) que era vencer o América-MG. Mesmo empatando, o técnico Marquinhos Santos e a diretoria da equipe de Caxias do Sul saíram do Alfredo Jaconi muito satisfeitas com a postura dos torcedores, que após mais de um ano e meio retornaram as arquibancadas.

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

Durante a coletiva, o treinador fez muitos elogios aos dois mil torcedores presentes ao estádio na noite de ontem: “É impressionante a sinergia que temos com o torcedor jaconero em casa. É mais uma força, 12º jogador. Se o torcedor não estivesse presente no Estádio Alfredo Jaconi, dificilmente conseguiríamos uma reação depois do gol sofrido. Veio da arquibancada essa energia, e os atletas responderam muito bem”, afirmou.

Quem também falou dessa sinergia citada por Marquinhos Santos foi o diretor executivo do clube, Marcelo Barbarotti: “Fazia falta a questão do torcedor. O nosso torcedor mexeu no jogo. É muito claro. Em algum momento, o nosso time cansa pela pressão na bola e a marcação alta, mas ele não para de buscar o jogo pelo torcedor. Criou uma atmosfera muito boa”, disse o dirigente, que ainda finalizou ressaltando que é “muito bom ter de volta a torcida ao nosso lado”.

O próximo jogo do Juventude pelo Campeonato Brasileiro acontece na quarta-feira (dia 13 de outubro), às 19h00, no Maracanã, contra a equipe do Flamengo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos