Marquinhos reclama de substituição em final do Catarinense

Depois de ser substituído na primeira partida da grande final do Campeonato Catarinense, o meio-campista do Avaí Marquinhos mostrou todo seu descontentamento em ficar de fora do momento mais decisivo de sua equipe.

“Nem joguei, então nem tenho o que falar. Acredito que poderia estar ajudando, mas faz parte. Claro que quem sai fica irrita como eu estou irritado agora”, afirmou o jogador, que saiu de campo para a entrada do zagueiro Maurício, que entrou para recompor a defesa do Avaí após a expulsão do lateral Capa ainda no primeiro tempo.

Capitão e camisa 10 da equipe de Florianópolis, Marquinhos afirmou que gostaria de ter deixado a Ressacada após o técnico Claudinei Oliveira o sacar de campo. “A gente fica muito chateado. Se pudesse, eu iria embora, pegava minha família e ia embora, mas não fiz porque sou referência”, acrescentou.

“Estou muito chateado, vamos conversar no vestiário agora. Não é normal a referência do time ser substituída em final de campeonato. Vamos trabalhar essa semana para ver se eu consigo jogar 90 minutos na próxima partida”, completou o ídolo do Leão.

Com o resultado negativo sofrido em casa, o Avaí volta a jogar com a Chapecoense no próximo domingo, às 16h (de Brasília), na Arena Condá, em Chapecó. A equipe precisa vencer por 2 gols de diferença, já que o empate favorece o alviverde.

Leia também