Mark Ruffalo pede que jovens tirem título de eleitor para 'derrotar Bolsonaro'

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ator Mark Ruffalo, 54, pediu aos jovens brasileiros, na tarde desta quinta-feira (24), que tirassem o título de eleitor "para derrotar Bolsonaro". Em seu perfil oficial do Twitter, o artista compartilhou uma mensagem de Anitta, 28, e reforçou a importância de votar.

"Em 2020, os americanos só derrotaram Donald Trump porque os eleitores recordes usaram seus direitos democráticos, especialmente os jovens. Para derrotar Bolsonaro, brasileiros de 16 e 17 anos devem se registrar para votar nas próximas eleições. Eles têm até 4 de maio para fazer isso", escreveu o artista conhecido por interpretar o personagem Hulk, em "Vingadores".

O pedido do ator veio após o tuíte de Anitta, que incentivou jovens a tirar o título. "Tem 16 ou 17 anos, ou fará 16 anos até 2 de Outubro? Mudou de cidade e quer votar para o novo presidente do Brasil?

Então, fique sabendo que é muito fácil tirar ou transferir o título hoje em dia!", escreveu a cantora, que atingiu o 1º lugar no ranking das músicas mais ouvidas do Spotify Global nesta sexta (25).

Após ver a interação com Ruffalo, a cantora comemorou também no Twitter. "Espere um minuto... meu ídolo está realmente interagindo comigo no Twitter? Jesus... Eu vou surtar agora", escreveu em resposta ao tuíte do ator.

"Mas... voltando ao assunto principal. Sim! Eu preciso que todos os meus fãs jovens votem para que possamos tirar esse presidente de m. do governo do meu país antes que ele mate toda a nossa Amazônia", completou ela.

A campanha informal e espontânea movida pelos artistas ocorre após o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) registrar o menor número de adolescentes de 16 e 17 anos com título de eleitor da história. Se em 2018, ano das últimas eleições presidenciais, esse número era de 1,4 milhão de pessoas em fevereiro, neste ano apenas 830 mil indivíduos da faixa etária tiraram o documento no mesmo mês.