Mario Kempes fala sobre o jogo contra o Brasil na Copa de 78: 'A partida mais feia que já vi'

LANCE!
·1 minuto de leitura


O convidado do Resenha ESPN desta semana é o craque Mario Kempes. O ex-atacante do Valência e protagonista do primeiro título mundial da Argentina, revelou no programa que o confronto com o Brasil na Copa do Mundo de 1978 foi a partida mais feia que já viu na vida. Apresentado por André Plihal, com participações de Alex, Djalminha e Silas, o Resenha ESPN inédito com Mario Kempes será atração do canal ESPN Brasil nesta sexta-feira, às 22h.

Mario Alberto Kempes é um atacante que marcou época onde passou por conta de seu talento. Além de ser considerado um dos maiores jogadores da história do Valencia, o atleta também foi peça-chave na campanha do título da Argentina na Copa do Mundo de 1978, quando a equipe disputou em casa a competição e teve Kempes como artilheiro isolado do torneio – com seis gols.

Confira a tabela do Campeonato Brasileiro e simule as próximas rodadas

Apesar de ser um confronto com uma equipe que possuía muitos craques ganhadores da Bola de Prata, como Rivelino, Zico, Toninho Cerezo, Reinaldo e Roberto Dinamite, Kempes revela que a partida contra a Seleção Brasileira foi uma das piores que já viu.

“O que posso dizer é que foi a partida mais feia e mais dura que eu já vi. Não jogamos futebol, entramos dando pontapés. Foi um jogo muito feio, isso sim. Digamos, com virilidade, mas, de vez em quando, passava da virilidade e íamos à caça. Foi a partida mais feia que já vi na minha vida”, revelou o ex-atleta que atualmente também é comentarista na ESPN nos Estados Unidos.