Marcus Rashford, do Manchester United, expõe ataques racistas nas redes sociais após derrota

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


O atacante Marcus Rashford, do Manchester United, usou o seu Twitter para expor ofensas raciais sofridas por ele após a derrota de sua equipe na final da Liga Europa. O jogador citou ver, pelo menos, setenta ataques racistas direcionados à ele.

Veja também: Atacante do Manchester United, Anthony Martial também foi vítima de ataques racistas e já sofreu ameaças de morte

- Pelo menos 70 ofensas raciais em minhas contas sociais contadas até agora. Para aqueles que estão trabalhando para me fazer sentir pior do que já me sinto, boa sorte tentando - publicou o jogador do United.

Em sequência, Marcus Rashford postou um print de um usuário do Twitter aprovando as ofensas raciais. O jogador usou um emoji de 'ok' para legenda do post.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Em entrevista exclusiva ao LANCE!, Fred, meio-campista do Manchester United, falou sobre casos de racismo sofridos por ele e como as redes sociais deixam o espaço livre para tais ataques.

- Temos que acabar com o racismo de vez. As redes sociais precisam de mais restrições. É muito fácil criar uma conta e sair xingando os outros - disse o jogador.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos