Marcos Uchôa analisa impedimento em Qatar x Equador: 'O que é um pezinho para se anular um gol?'


A Copa do Mundo do Qatar já começou com uma leve polêmica na arbitragem. No confronto de estreia do torneio, entre Qatar e Equador, a seleção equatoriana abriu o placar no início da partida, mas teve o gol anulado. Em participação em live do LANCE!, o jornalista Marcos Uchôa comentou o ocorrido.

O impedimento do primeiro gol de Enner Valencia ocorreu por um pequeno detalhe. Apenas com o uso da tecnologia do VAR, que ficou identificado a irregularidade na jogada. Mesmo sem o tento, a equipe do técnico Gustavo Alfaro venceu a partida por 2 a 0.

+ Mascote da Copa do Mundo: Conheça La'eeb e entenda a origem do personagem

- A gente está acostumado com o VAR, desde a Copa da Rússia a Fifa já usa esta tecnologia. Já vimos lances difíceis para a tecnologia. Porém, não me lembro de um tão difícil quanto este. Ficou a dúvida: Aonde tem o impedimento? Não dá para perceber no olho humano, é da máquina - disse o jornalista.

Marcos Uchôa - Live Lance!
Marcos Uchôa - Live Lance!

Marcos Uchôa é o reforço do LANCE! para a Copa do Mundo (Foto: Reprodução)

O fato impossibilitou que o capitão da seleção equatoriana fizesse um hat-trick na primeira partida do mundial. Marcos Uchôa também falou sobre a decepção de ter um gol anulado por um pequeno detalhe. Na fala, o jornalista imaginou uma decisão da Copa do Mundo.
AdChoicesPUBLICIDADE
+ Marcos Uchôa comenta choque de culturas na Copa do Qatar: 'Tem muita coisa pra abordar'

- É cruel, o jogador faz um gol e ele é anulado por uma coxa na frente. A gente começa a falar como se fosse Fórmula 1, em milésimos de segundo. Mas o que é isso? Um piscar de olhos são três décimos de segundo. O que é um pezinho ali para se anular um gol? Esse lance já gerou polêmica sendo em uma estreia, imagina um lance semelhante em uma final. Imagina deixar de ganhar um título por conta de um impedimento deste tipo - finalizou.