Marcos Rocha vê no Choque-Rei a chance de mostrar o 'Verdão de Luxa'

Marcos Rocha durante treino do Palmeiras, na Academia de Futebol (Foto: Cesar Greco)
Marcos Rocha durante treino do Palmeiras, na Academia de Futebol (Foto: Cesar Greco)


Depois de conquistar a Florida Cup e golear o Ituano na estreia do Paulista, o Palmeiras faz neste domingo o primeiro clássico do ano, contra o São Paulo. Ainda que esteja longe do ideal físico, o Verdão entende que o Choque-Rei em Araraquara (SP) é a chance de mostrar a cara do time de Vanderlei Luxemburgo.

- Agora é clássico, envolvendo toda a história de Palmeiras e São Paulo. Temos de nos conscientizar dessa importância, da cobrança que acontece em jogos importantes. Temos que começar a mostrar a cara do Palmeiras, o que o Vanderlei projeta para 2020, para que a gente tenha um bom ano e possa manter um padrão de alto nível - afirmou Marcos Rocha.

O lateral-direito diz que as conversas têm ajudado o treinador a mudar o estilo de jogo alviverde nesta pré-temporada. Desde que foi contratado, Luxa repete que deseja uma equipe que jogue de forma agressiva e ofensivamente.

- A gente está tentando entender essas ideias com bastante conversa. O Vanderlei tem aquela parte de exigência, de cobrança, mas nos dá liberdade para dentro dos treinamentos tentar nos posicionar para encontrar uma melhor maneira de desempenhar nosso melhor, não fugindo do que ele vem buscando para identificar o Palmeiras. Nós jogadores temos conversado bastante - pontuou.

- A gente sente essa expectativa dele de voltar a vencer, de ganhar títulos. Se formos inteligentes, vamos aproveitar muito a experiência dele. É um treinador que sempre está conversando, brincando, passando suas ideias. Temos que ter respeito pela pessoa e pelo treinador. É muito experiente e pode agregar muito no nosso trabalho, no nosso dia a dia - acrescentou.







O Choque-Rei da segunda rodada do Paulistão está marcado para as 16h de domingo, na Arena Fonte Luminosa. O mando é do Palmeiras, mas o Allianz Parque está passando pela troca de grama natural para a sintética, enquanto o Pacaembu receberá no sábado a final da Copinha.


Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também