Marcos Rocha pede 'respeito máximo' ao Fortaleza e controla ansiedade do Palmeiras: 'Pés no chão'

Marcos Rocha pede 'pés no chão' e 'respeito máximo' ao Fortaleza (Foto: Reprodução/TV Palmeiras)


O Palmeiras finalizou a preparação para enfrentar o Fortaleza em jogo que acontece nesta quarta-feira, às 21h30, e que pode garantir o título do Brasileirão. Após as atividades, Marcos Rocha alertou destacou os principais pontos fortes do adversário, que tem a terceira melhor campanha do segundo turno.

> Saiba os clubes que já têm vaga na Libertadores 2023

- É uma equipe muito qualificada e tem um grande treinador, que implementou um trabalho em um clube de expressão. Vai ser um jogo difícil e pegado. Já encontramos dificuldades contra eles em outras ocasiões, então é respeito máximo, mas, dentro de nossa casa e pelo o que vale o jogo, a gente tem de se empenhar para buscar o resultado positivo - reforçou.

Campeão brasileiro pelo Verdão em 2018, o lateral-direito tem se destacado na atual temporada. Dentre os jogadores do elenco, o camisa 2 é líder em desarmes (104) e líder em ações defensivas (136).

Podendo carimbar uma nova conquista com a camisa alviverde, Marcos Rocha explica como vem controlando a ansiedade e revelou conversas com o técnico Abel Ferreira.

> Clique e simule todos os resultados da reta final do Brasileirão!

- Estamos vivendo um momento feliz. Eu já tive a oportunidade de ser campeão brasileiro pelo Palmeiras em 2018, que foi um ano bem disputado. Tenho certeza de que a casa estará cheia com a torcida nos apoiando. Nós vamos fazer um grande jogo e a ansiedade é mais em cima do que a gente vai produzir, do que a gente vai apresentar de melhor. E isso foi nosso foco na preparação, nos preocupando em melhorar as nossas deficiências e aprimorar as nossas qualidades - disse Rocha, que concluiu:

- Conversando sempre com o Abel, ele nos pediu para não mudarmos nossa rotina dentro e fora do clube. Eu procuro sempre estar com o meu filho e com a minha esposa e sair para jantar e espairecer um pouco a mente, tirar um pouco o futebol da cabeça. Espero que na quarta-feira a gente possa fazer um grande jogo e que possamos sacramentar o título.