Marcos Mion cita a Globo e é feito de bobo na eliminação de Lucas Selfie

Bárbara Saryne
·2 minuto de leitura
O apresentador ficou sozinho no telão (Foto: Reprodução/RecordTV)
O apresentador ficou sozinho no telão (Foto: Reprodução/RecordTV)

A Fazenda 12’ resolveu quebrar todos os protocolos na eliminação de Lucas Selfie nesta quinta-feira (12). O apresentador Marcos Mion citou a Globo duas vezes e ainda foi feito de bobo pelos peões no fim da atração. Bem-humorado, o artista levou tudo na brincadeira e fez zoeira com a própria “desgraça” em suas redes sociais.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Tudo começou quando Mion falou sobre a vitória de Jake, pela terceira vez, na Prova do Fazendeiro. Ele disse que a Miss Brasil já pode até pedir música no... ‘Domingo Espetacular’. O público sacou que, por muito pouco, o apresentador não falou ‘Fantástico’, o principal programa da concorrência.

Leia também:

Mais tarde, Mion foi ainda mais longe e citou a novela ‘Avenida Brasil’. Na ocasião, ele disse que Jojo, Raissa e Lucas se destacaram falando a verdade e assumindo seus erros sem nunca colocar a “culpa na Rita”. A referência envolve a personagem Carminha, interpretada por Adriane Esteves no folhetim da Globo.

A quebra de protocolos, porém, não ficou restrita ao apresentador. Após anunciar a eliminação de Lucas Selfie, o peão correu de volta para a sede e abraçou os colegas de confinamento. Mion ficou no telão, desesperado, gritando para o influenciador voltar para o estúdio de eliminação. O mais engraçado é que ninguém deu a mínima para o artista.

No Twitter, Mion falou sobre ter sido feito de bobo nos bastidores. “O VAR indica que foi grave. Cartão vermelho para os peões na sede. Aqui é coragem”, disse, pedindo para seus seguidores criarem uma legenda para o vídeo em que ele aparece no telão tentando chamar a atenção do eliminado.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube