Marcos Henrique assina contrato com o Fluminense até 2026 com multa superior a R$ 320 milhões

·1 minuto de leitura


Nesta quarta-feira, o jovem atacante Marcos Henrique, de 16 anos, assinou seu primeiro contrato profissional com o Fluminense. Assim, a joia de Xerém firmou vínculo até 2026, com a multa rescisória de 50 milhões de euros - cerca de R$ 322 milhões de reais na cotação atual.

> Veja quando será o próximo jogo do Flu na Libertadores

A promessa Tricolor está no clube desde os seus 14 anos, e atualmente defende a categoria do sub-16. Ao lado da mãe, Dona Joana, e dos empresários Marcel Giannechini e Gabriel Rodrigues, o atacante comemorou o novo vínculo nas redes sociais.

- Hoje assino meu primeiro contrato profissional com o Fluminense, clube que abriu as portas quando eu tinha 14 anos. Queria agradecer primeiramente a Deus, minha família e a Tinmo. Obrigado a todos envolvidos, agradeço ao Fluminense por acreditar no meu trabalho! Orgulho de vestir esse manto sagrado. A luta continua, saudações tricolores! - disse o jovem.

Vale ressaltar que a legislação da Fifa permite que jovens abaixo dos 18 anos assinem por, no máximo, três anos. Mesmo assim, o Fluminense fez com Marcos o mesmo que já havia realizado com o volante Luis Fernando, o meia Arthur, o lateral-esquerdo Jefté e o atacante Crysthyan Lucas. A CBF permite contratos maiores. Entenda a situação aqui.