Marcos Braz fala sobre renovação com Dorival e cita que o Flamengo irá respeitar pedido do TRE

Marcos Braz exaltou a torcida do Flamengo e falou sobre Dorival Júnior (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)


Desde a chegada de Dovival Júnior mudou o Flamengo da água para o vinho. E o grande trabalho tem refletido não só em boas atuações, como em títulos. O tricampeonato da Libertadores deste sábado coroa a sinergia entre o treinador e seu elenco. Nesse sentido, o vice-presidente de futebol, Marcos Braz, falou sobre a possível renovação com o comandante.

- Quero dizer a importância do título para o clube. O clube é o maior merecedor, a torcida, os 42 milhões, que são apaixonados, que gostam do Flamengo. O Dorival quer ficar, o Flamengo queria que ele ficasse. Tem um monte de conversa fiada de que se não tivessem os títulos talvez não ficassem Dorival e eu sempre conversamos e tem coisas que a gente não divulga em público - admitiu.

+ Confira como terminou a Copa Libertadores 2022

Além disso, o profissional ressaltou a importância do título da Copa Libertadores ainda mais neste ano em que o clube foi questionado e viveu altos e baixos. Braz também destacou as contratações da segunda janela, que segundo ele, deram 'musculatura' para os títulos.

- É um marco ganhar outra Libertadores. Estamos muito felizes, tranquilos. Passar o que a gente passou. Foi muito duro, porque em determinado momento fizeram covardia. não é cobrança. quem está no meu cargo tem sempre que estar aberto às cobranças, até para você melhorar, rever situações. Agora, pegaram situações covardes, mas que graças a Deus tivemos respaldo, fizemos uma grande janela. E essa grande janela deu musculatura e veio o Dorival. Ele foi um dos que vieram. Eu sempre brinco e falo que a janela começou com Dorival - opinou.

Por fim, o dirigente reforçou que o Flamengo irá respeitar o pedido do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) para não causar tumulto no dia decisivo da eleição presidencial do Brasil, neste domingo.

- A gente está com um pedido do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) que tenhamos alguns cuidados. Nós vamos cumprir algumas determinações, as ponderações judiciais que foram feitas para a gente. Amanhã é um dia importante para o Brasil, independente de quem goste de um ou de outro. Temos que respeitar o voto popular e democrático - explicou, antes de acrescentar:

- O Flamengo vai contribuir com isso por achar que é oque tem que ser feito. Por um Brasil melhor, para nossas crianças, e mais do que isso para o futebol estar dentro desse contexto. Sempre tentam tirar o futebol desse contexto, mas acho que tem que estar com responsabilidade dentro desse contexto - finalizou.