Marco do vôlei brasileiro, campanha do ouro em 1992 ganha reprise

CARLOS PETROCILO
Folhapress

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A histórica campanha da seleção brasileira masculina de vôlei na Olimpíada de 1992 é o destaque do SporTV 2 ao longo desta semana. O canal está reprisando na íntegra e com narração original as oito partidas que levaram o Brasil ao seu primeiro ouro em esportes coletivos nos Jogos.

A partir de então, o vôlei, que havia ficado perto do título com a geração de prata em 1984, se popularizou ainda mais no país. Carlão, capitão daquele time e comentarista do Grupo Globo, recorda a multidão de fãs recepcionando o time no desembarque em São Paulo.

"Nós não conseguíamos sair na rua, os jogos amistosos eram uma loucura, precisávamos de proteção, de segurança", disse à Folha. "A gente conseguiu popularizar a modalidade principalmente com a garotada mais nova."

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Em Barcelona, o time comandado pelo técnico Zé Roberto fez uma campanha invicta, com oito vitórias, e perdeu somente três sets. Carlão relembra que a seleção inovou com quatro ponteiros em quadra. Além dele, Marcelo Negrão, Tande e Giovane.

"O Marcelo Negrão jogava como oposto e às vezes puxava bola de meio. Nós tínhamos duas bolas de meio ao mesmo tempo e, certamente foi inovador, assombrou o mundo. Isso foi possível por termos um grande levantador, o Maurício", afirmou.

Na fase de grupos, a seleção enfrentou Coreia do Sul, Equipe Unificada (composta por representantes de Rússia, Ucrânia, Bielorrússia, Cazaquistão, Armênia e Uzbequistão), Holanda, Cuba e Argélia. Em seguida, encarou Japão nas quartas de final, Estados Unidos na semifinal e novamente a Holanda na decisão.

"O jogo mais difícil daquela campanha foi a semifinal contra os Estados Unidos", disse Carlão. "Perdemos o primeiro set, mas depois conseguimos colocar a cabeça no lugar, deixamos de errar os saques e começamos a fazer a seleção americana jogar."

Os EUA haviam sido os algozes nas decisões dos Jogos de Los Angeles-1984 e também viriam a ser em Pequim, em 2008.

Em 1992, porém, a seleção brasileira venceu com parciais de 12/15, 15/8, 15/9 e 15/12. Na decisão, bateu os holandeses por 15/12, 15/8 e 15/5.

Reprises da seleção de vôlei nos Jogos de Barcelona Quinta (7), 21h

Brasil x Holanda

Sexta (8), 19h

Brasil x Cuba

Sábado (9), 21h45

Brasil x Argélia

Domingo (10), 19h

Brasil x Japão

Segunda-feira (11), 20h30

Brasil x Estados Unidos

Terça-feira (12), 19h

Brasil x Holanda

Leia também