Marco Antônio manifesta desejo de continuar no Botafogo, mas admite que situação segue indefinida

·1 min de leitura


A luta do Botafogo para manter jogadores que se destacaram no título da Série B segue intensa. Em entrevista ao jornal "O Liberal", o meia Marco Antônio reconheceu seu desejo de seguir no Alvinegro, mas frisou que há obstáculos na negociação com o Bahia, detentor de seus direitos econômicos.

- Antes de ser emprestado, renovei até 2023. Se o Botafogo quisesse, teria que pagar um valor. O Botafogo se interessou e quer ficar comigo, mas ainda não tem o dinheiro. O Bahia quer esse dinheiro. A minha vontade é ficar no Botafogo. Eu me encaixei bem. Queria muito ficar lá. E fico esperando para saber para onde vou. A situação segue indefinida - declarou.

O jogador, que está de férias no Pará, disse que o gol marcado na goleada por 4 a 0 sobre o Vasco foi momento mais marcante da sua trajetória na campanha.

- Foi o melhor dia da minha vida. Até hoje não caiu a ficha. Poder marcar dois gols. Pela grandeza e história do Vasco. E é bom saber que ajudei a equipe a sair com o resultado positivo - afirmou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos