Marco Antônio, do Botafogo, valoriza semana de treinos: 'Toda equipe precisa de um tempo para trabalhar'

LANCE!
·2 minuto de leitura


Com o fim da Taça Guanabara, o Botafogo teve uma semana cheia para treinar. Em entrevista à Botafogo TV, o meia Marco Antônio defendeu o técnico Marcelo Chamusca pelas críticas que recebe e destacou que o tempo para treinar é essencial para que a equipe consiga por em prática o que o treinador pede ao grupo. De acordo com o camisa 70 do Alvinegro, já foi possível ver uma evolução da equipe no duelo contra o Macaé, no último domingo.

> Veja quem entrou em campo pelo Botafogo na temporada de 2021

- Acho que toda equipe precisa de um tempo para trabalhar. O professor Chamusca, desde quando chegou, está sendo muito cobrado, mas quando temos a semana cheia, dá para ele implementar o que ele pede, dá para fazer melhor, temos mais tempo. E nesse último jogo (contra o Macaé) o nosso grau de intensidade, o que o professor pediu, a gente fez, marcação intensa. Então, quando temos essa semana inteira aberta para nós, dá para entender melhor o que o professor quer para o nosso desempenho ser melhor a cada jogo.

O Botafogo apresentou um desempenho ruim nas finalizações na Taça Rio. Apesar de uma média de 13 arremates por jogo, apenas 30,8% alcançavam a direção do gol adversário. Marco Antônio falou sobre essa questão e admitiu que ele mesmo precisa melhorar.

- O importante é estarmos criando oportunidades de gols, precisamos de um pouco mais de frieza ali na frente e eu me incluo nisso – tive algumas oportunidades, mas acabei não tendo o capricho. Mas é isso, estamos tentando fazer o máximo possível para acertar o gol e, creio que no momento certo, criando as oportunidades, o gol vai sair naturalmente.

> Veja a tabela do Campeonato Carioca de 2021

O Botafogo volta a campo no próximo domingo, no estádio Nilton Santos, às 18h, contra o Nova Iguaçu. A partida é válida pelo jogo de ida da fase semifinal da Taça Rio.

- Ótima lembrança, na minha estreia, contra o Nova Iguaçu, pude fazer um gol e dar um passe (assistência). Mas agora é outro campeonato, é um mata-mata, e o Nova Iguaçu vem mais preparado para esse jogo. Sabemos da dificuldade que vai ser, mas esperamos fazer um grande jogo e quem sabe eu possa fazer um gol e contribuindo com passe e a equipe saindo com a vitória - projetou Marco Antônio.