Marcelo Moreno marca e dá vitória ao Cruzeiro diante do Confiança-SE

·4 minuto de leitura


A vitória do Cruzeiro sobre o Confiança-SE por 1 a 0, gol de pênalti assinalado por Marcelo Moreno, nesta sexta-feira, 20 de agosto, foi mais suada do que o torcedor azul, que voltou ao Mineirão, esperava. O duelo foi válido pela 20ª rodada da Série B, a primeira do returno.

Foi um confronto de um time que quis jogar, contra outro que tentou apenas se defender, abdicando de buscar o gol. E, essa retranca gerou muito trabalho para o ataque celeste, que só conseguiu o gol da vitória quase na metade do segundo tempo. Logo, o triunfo azul foi merecido contra uma das piores equipes da segunda divisão.

O resultado levou a Raposa aos 24 pontos, mas sem mudar de posição. Segue na 14ª posição, a nove do G4, enquanto o Confiança continua com seus 13 pontos, amargando a 19ª colocação. Porém, se o Brasil de Pelotas vencer o seu duelo como Londrina, poderá se tornar o lanterna da competição.

Com Luxemburgo no comando, o Cruzeiro fez 11 pontos dos 15 possíveis desde a sua chegada. Foi sua primeira vitória em casa no comando da Raposa.

Primeiro tempo de ataque x defesa

O propósito do Confiança era claro. Não tomar gols e tentar “achar” uma bola para atacar a meta de Fábio. Com esse “ferrolho” , o Cruzeiro teve imensas dificuldades em entrar na defesa sergipana. A Raposa teve uma chance clara de marcar. O duelo era disputado apenas em uma metade do campo.

CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO DA SÉRIE B ATUALIZADA

VAR na Série B. Esqueceram dele

Em dois lances no ataque do Cruzeiro, com Marcelo Moreno e Bruno José, o VAR, que estreou na Série B, poderia ter revisado possíveis pênaltis, mas os comandantes do árbitro de vídeo seguiram o comando de Ramon Abatti Abel, que conduzia o jogo no campo.

Volta do torcedor com um cenário menos pior do que o do jogo do Galo

Houve um esquema da Prefeitura de BH em que somente aqueles com ingresso poderiam ficar no entorno do estádio. Funcionou, mas na entrada, houve um princípio de aglomeração. No setor onde fica as organizadas, houve alguma concentração de torcedores e a suspeita de várias terem entrado no estádio com testes falsos de Covid-19. No geral, as medidas foram mais eficazes do que no jogo entre Atlético-MG e River Plate, na última quarta-feira.

Parceria legal entre torcida e time

Após 500 dias longe, o torcedor azul matou as saudades e fez seu papel. Incentivou o tempo todo e deu energia extra para a equipe. Foi interessante ver o barulho real da torcida e não um DJ com sons de fundo. Os jogadores sentiram o “calor” do torcedor, que aplaudiu vários atletas.

Martelou, martelou e o gol da Raposa saiu

As mudanças feitas por Luxemburgo funcionaram novamente. Destaque para Wellington Nem que deu nova dinâmica ao ataque, no lugar de Dudu, que fez outra partida ruim. Em um lance rápido, Nem driblou, a bola sobrou para Claudinho, que foi desarmado, Bruno José pegou o rebote, “limpou” a jogada e foi derrubado por Michael. Pênalti. Marcelo Moreno cobrou com perfeição, marcando o quinto gol dele no ano e aliviando a China Azul, que depois de 500 dias vibrou com um tento celeste.

Confiança abdicou de jogar e foi punido com justiça

A campanha ruim do time sergipano levou o treinador interino Zé Carlos Leal a tentar pontuar em Belo Horizonte. Mas, abrir mão de tentar o gol gerou menos benefícios do que vantagens. O desgaste em só se defender foi maior, cansando a equipe no segundo tempo e abrindo espaços para o Cruzeiro.

Primeira vez com duas vitórias seguidas nesta Série B: melhora na confiança

O resultado diante do Confiança em casa foi essencial para manter a chance do time mineiro de conseguir o acesso à Série A. O Cruzeiro ainda não tinha vencido duas partidas seguidas nesta Série B e o efeito psicológico pode ser muito positivo para a confiança da equipe comandada por Luxemburgo.

Próximos jogos

A Raposa volta a campo no dia 29 de agosto, às 16h, contra o CRB, no Rei Pelé, em Maceió. Já o Confiança terá pela frente o Goiás, na quinta-feira, 26, às 17h, no Batistão, em Aracaju.

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA
CRUZEIRO 1 X 0 CONFIANÇA-SE

Data: 20 de agosto de 2021
Horário: 21h30 (de Brasília)
Local: Mineirão, Belo Horizonte(MG)
Árbitro: Ramon Abatti Abel (SC)
Assistentes: Alex dos Santos e Éder Alexandre (ambos de SC)
Gol: Marcelo Moreno (pênalti), aos 21’-2ºT(1-0)
Cartões amarelos: Madisom (CON), Nirley (CON)
Cartões vermelhos:

CRUZEIRO (Técnico: Vanderlei Luxemburgo)
Fábio; Norberto (Claudinho, aos 10’-1ºT (Marco Antônio, aos 34’-2ºT)), Ramon, Eduardo Brock e Matheus Pereira (Felipe Augusto-intervalo); Adriano (Flávio, aos 32’-2ºT), Rômulo e Giovanni; Bruno José, Dudu (Wellington Nem-intervalo) e Marcelo Moreno

CONFIANÇA (Técnico: Zé Carlos-interino)
Michael, Marcelinho (Jonathan Bocão, aos 28’-2ºT), Nirley, Barreiro e João Paulo (Lucas Sampaio, aos 32’-2ºT); Serginho, Madisom e Jhemerson (Álvaro, aos 24’-2ºT); Robinho, Luidy (Ítalo, aos 28’-2ºT) e Hernane Brocador (Thiago Reis, aos 32’-2ºT)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos