Marcelo Cirino confirma permanência no Flamengo e manda carta à torcida

Após um 2016 com poucas oportunidades, Marcelo Cirino por pouco não foi negociado pelo Flamengo. O atacante esteve próximo de uma transferência para o Internacional, mas a negociação acabou não sendo concretizada e agora o jogador voltará a integrar o elenco rubro-negro.

Já inscrito na Libertadores, Cirino retomará à rotina de treinamentos no Ninho do Urubu na próxima segunda-feira e escreveu uma carta nesta sexta-feira manifestando seu desejo de ajudar o clube. “Quero ajudar o Rubro-Negro em todos os seus desafios e podem ter certeza que darei meu máximo nas partidas”, declarou. Nesta temporada, o jogador atuou em uma única partida, sem muito brilho, participando de 30 minutos da goleada de 4 a 0 sobre o Volta Redonda, pelo Campeonato Carioca, no início de fevereiro, quando a negociação para o Colorado começou.

Cirino chegou ao Flamengo em 2015 após uma ótima temporada no Atlético Paranaense. Depois de um começo de ano muito promissor e com muitos gols, o atleta foi perdendo espaço devido às lesões e não conseguiu ter boas atuações novamente. Em 101 jogos, o artilheiro marcou 24 gols.

Em suas redes sociais, o jogador confirmou a permanência no clube. Confira:

Carta à torcida do Flamengo

No começo deste ano, o Flamengo iniciou uma tratativa para minha transferência com um novo clube e como todos puderam acompanhar, fiquei próximo de acertar com outra instituição. Durante esse período, fui liberado dos treinamentos. Logo em seguida veio o nascimento da minha primeira filha Flávia com todo o seu brilho para a nossa família.

Nesta semana fui comunicado pelo Flamengo que esta negociação havia sido encerrada. Agora, com tudo esclarecido, volto com a mesma força e vontade que cheguei em janeiro de 2015 ao Flamengo! Quero ajudar o Rubro-Negro em todos os seus desafios e podem ter certeza que darei meu máximo nas partidas.

Na segunda-feira estarei no Ninho do Urubu para retomar os treinamentos e me colocar à disposição do técnico Zé Ricardo, da sua comissão técnica e, é claro, da maior torcida do Brasil!

Marcelo Cirino