Marcelo Chamusca assume preocupação com ataque do Náutico

·1 minuto de leitura


Apesar de contabilizar três gols nos quatro jogos em que dirigiu a equipe do Náutico, o técnico Marcelo Chamusca se vê preocupado com questões ofensivas detectadas nas partidas onde, até agora, contabiliza uma vitória, dois empates e uma derrota. Derrota essa que veio justamente na última sexta-feira (10), frente ao Vila Nova, por 1 a 0.

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

O principal receio do comandante do Timbu, dito em entrevista coletiva, vai além da questão meramente de aproveitar as finalizações. Para ele, o problema vem desde o fato de que a equipe estaria tendo dificuldade até mesmo para formular oportunidades para finalizar.

- No segundo tempo (da derrota para o Vila Nova) tivemos muita posse de bola, mas pouca criação de oportunidade. É muito preocupante a situação do nosso ataque. A gente precisa ser mais eficiente. Hoje a gente finalizou 14 vezes e só acertamos o alvo duas vezes - disse Chamusca.

- O Náutico teve uma queda em relação a posição na tabela. Eu não diria patamar técnico, não usaria essa fase para definir o momento do Náutico, mas o Náutico precisa melhorar em vários aspectos e a gente tem que pensar jogo a jogo. No jogo de hoje (ontem), a gente melhorou em algumas fases, em outras a gente tem tido muita dificuldade. Isso é notório - acrescentou.

Em sétimo lugar com 35 pontos, o Alvirrubro volta a campo na Série B apenas na próxima semana, mais precisamente no próximo sábado (18), quando irá ao Rio de Janeiro visitar o Botafogo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos