Marcelo Benevenuto e Matheus Babi chegam atrasados a treino do Botafogo e não enfrentam Palmeiras

LANCE!
·1 minuto de leitura


O Botafogo voltou a ter problemas por indisciplina. Após divulgar uma nota alegando atrasos de Alexander Lecaros, Ênio e Rhuan a treinamentos durante a última semana, o clube de General Severiano voltou a lidar com problemas envolvendo jogadores não se apresentando no horário combinado da atividade. Marcelo Benevenuto e Matheus Babi chegaram atrasados no treino desta segunda-feira, no Estádio Nilton Santos.

Como punição, a dupla, que estava treinando no time titular, está fora da partida contra o Palmeiras, nesta terça-feira, no Allianz Parque, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em entrevista à "BotafogoTV", Eduardo Freeland, diretor de futebol do Alvinegro, explicou a decisão.

- Optamos por tirar os atletas do jogo contra o Palmeiras. O momento pede uma rigidez um pouco maior. A resposta dos atletas foi muito positiva, inclusive dos que estão deixando de participar do jogo, pediram desculpas e entenderam. Na reunião de ontem (domingo) nós definimos isso. Os jogadores entenderam que é hora de mudar a chave. É uma conduta que não podemos abrir mão - afirmou.

Para o lugar de Marcelo Benevenuto, Sousa, criado nas categorias de base do Alvinegro, é uma opção. Rafael Forster, zagueiro de origem, será o lateral-esquerdo - Victor Luís, titular da posição, não pode jogar por força contratual.

Se Barroca mantiver a formação com dois atacantes, Rafael Navarro aparece como opção para substituir Matheus Babi. Caso o treinador mude o formato tático da equipe, Matheus Nascimento pode atuar centralizado no comando do sistema ofensivo.