Marcelinho diz ter desistido da política após nova derrota nas urnas

LANCE!
·1 minuto de leitura


Marcelinho Carioca desistiu da carreira política. O ex-jogador, que foi candidato a vereador na cidade de São Paulo pelo PSL, sofreu a sexta derrota consecutiva nas urnas. Desde 2010 tentando um cargo eletivo, ele sofreu a sua pior derrota nas eleições em 2020, recebendo apenas 7.574 votos.

- Esquece. Vou cuidar dos meus negócios e de minha vida privada. Esquece a vida política - disse o ex-jogador em entrevista ao UOL Esporte.

Nas eleições municipais de 2020, Marcelinho Carioca representou o PSL. Além deste, o ex-jogador também passou por mais quatro partidos ao longo dos dez anos de política: PSB, PT, PRB e Podemos. Ele lamentou a derrota neste ano e culpou a falta de espaço na campanha eleitoral do PSL.

- Todas essas vezes [eu fui usado], só que eu me qualifiquei para ser candidato, é diferente. Eu sou letrado, nunca fui por ideologia de partido. Sempre acreditei no que me falaram, mas todos os que eu passei, todos, falaram coisas e não cumpriram - afirmou.

Nas eleições de 2016, Marcelinho Carioca recebeu 12.602 votos, mas também não foi eleito. Em 2020, o ex-jogador apareceu em vídeo ao lado do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) com a camisa do Corinthians e causou polêmica, dividindo opiniões entre os torcedores do Timão.