Marc Bartra volta a treinar 17 dias após atentado em Dortmund

Marc Bartra voltou a treinar do Borussia Dortmund 17 dias após ter sofrido uma fratura no braço decorrente de um atentado terrorista em que uma bomba explodiu próximo ao ônibus da equipe alemã antes de jogo contra o Monaco pela Liga dos Campeões. Segundo especialistas, o acidente, que terminou com apenas Bartra machucado, poderia ter sido pior se a bomba explodisse um pouco antes.

Durante o treino desta sexta-feira, o zagueiro espanhol correu em volta do gramado e começou os trabalhos de recuperação com o preparador físico do clube auri-negro.

O jogador de 26 mostrou positividade e se disse satisfeito com a sua recuperação em postagem no seu Instagram. “Feliz com o progresso e por poder começar o trabalho duro em breve. Então, espero voltar o mais rápido o possível”.

Nesta temporada, a primeira de Bartra no Borussia Dortmund, o zagueiro já atuou em 29 partidas, balançando as redes adversárias uma vez e dando quatro assistências. Além disso, ele recebeu sete amarelos me 2016/1.

Vale lembrar que após o atentado, a partida entre Monaco e a equipe do Signal Iduna Park foi adiada para o dia seguinte. Posteriormente, o clube do principado eliminou os alemães após conseguir duas vitórias.