Marcão analisa derrota, comenta críticas da torcida e projeta sequência do Fluminense

·3 minuto de leitura


Nesta quarta-feira, o Fluminense perdeu para o Fortaleza por 2 a 0, no Maracanã, em jogo válido pela 24a rodada do Brasileiro. Após a partida, que marcou a volta da torcida tricolor aos estádios, o técnico Marcão avaliou os 90 minutos e concedeu o mérito do resultado ao adversário, que soube neutralizar o esquema do comandante do elenco.

- Foi um jogo muito pegado, o treinador adversário até abriu mão do que vinha fazendo e colocou uma equipe muito competitiva. Não foi uma grande atuação das duas equipes, que fizeram marcação forte, e eles tiveram aproveitamento da bola parada. Em alguns momentos, a gente esteve até melhor, trocando a bola, mas a marcação deles estava muito forte e não conseguimos. É mérito deles, então parabéns à equipe, que aproveitou as bolas paradas. A nossa equipe precisa se reorganizar porque sábado já temos outra batalha. O que aconteceu hoje não é bom, mas precisamos pensar na próxima rodada - afirmou Marcão.

O treinador também aproveitou para comentar as substituições do Fluminense. Segundo ele, não há vagas fechadas e as alterações foram feitas com base na necessidade do jogo.

- A gente teve alguns dias de trabalho, e aqueles que vieram fizeram uma semana proveitosa, e por isso trouxemos eles. Se houvesse a possibilidade de colocar eles, fazer isso. O Abel e o Raul fazem as funções no ataque, o John [Kennedy] faz uma função parecida com o Abel, de movimentação. A gente também pensou em colocar mais um na frente, caso o Fred caísse de produção, mas ele conseguiu ir até o fim. Os meninos do meio, também tivemos que tirar e fazer essas duas linhas, com dois na frente. Agora é continuar, vocês veem que os meninos estão produzindo também, e na semana que eles estiverem bem, certamente serão utilizados - disse.

> Confira a classificação da Série A do Brasileiro

Após o primeiro gol do Fortaleza, a torcida cobrou o time e a diretoria do clube pelo resultado. Para Marcão, a volta do público não pode ser encarada como um dos fatores do desempenho em campo. O técnico convocou os tricolores a comparecerem no sábado novamente.

- A gente sabia que em algum momento a torcida iria cobrar. A gente questiona o que aconteceu, mas sempre gostamos do torcedor do nosso lado, apoiando. Se aquela bola do Danilo entrasse, o jogo seria outro. Se conseguíssemos manter a equipe até o final, também. É lógico que, depois que tomamos um gol... Esses jogadores tinham a expectativa com a torcida, de conquistar uma vitória e comemorar junto. Só posso pedir para que a torcida venha também no sábado, porque o apoio é muito importante nessa reta final de campeonato. A gente apoia que o torcedor esteja aqui, seja cobrando ou incentivando, para buscar as vitórias.

+ ATUAÇÕES: Defesa falha duas vezes, e Fluminense perde para o Fortaleza na volta da torcida ao Maracanã

Marcão, que possui a maior sequência de vitórias na história do Fluminense, lamentou o revés, mas disse compreender a dificuldade do campeonato e garantiu que o objetivo é seguir no caminho dos três pontos a cada rodada.

- O Campeonato Brasileiro é muito difícil. Fico feliz pela marca alcançada, mas sabia que em algum momento ia acontecer o reverso. Mas com a segurança no grupo, que joga muito junto. Hoje existe a frustração pelo resultado, que não conseguimos entregar para o torcedor, mas amanhã vamos pensar para frente. São jogos muito difíceis, as equipes estão muito parecidas, mas vamos buscar a regularidade para terminar bem - complementou.

No próximo sábado, o Fluminense encara o Atlético-GO, às 16h30, no Maracanã. A partida é válida pela 25ª rodada do Brasileiro e será transmitida pelo Premiere e Tempo Real do LANCE!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos