Maratona de NY cancelada devido à pandemia

AFP
(Arquivo) Corredor participa da Maratona de Nova York, em novembro de 2019
(Arquivo) Corredor participa da Maratona de Nova York, em novembro de 2019

A famosa maratona de Nova York, programada para 1o de novembro, foi cancelada devido à pandemia de coronavírus - anunciaram os organizadores nesta quarta-feira (24).

Esta é a segunda vez que a prova é cancelada: em 2012, o furacão Sandy impediu a realização do evento.

"Cancelar a maratona deste ano é uma grande decepção para todos os que estão associados a ela", lamentou Michael Capiraso, CEO da New York Road Runners (NYRR), organizador da prova, citado em um comunicado.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

"Mas esse era, claramente, o caminho a seguir, em vista da segurança sanitária", completou.

Nova York é a cidade mais afetada pela COVID-19 no mundo, com mais de 22.000 mortos.

Os organizadores vão oferecer aos inscritos a possibilidade de reembolso na taxa de inscrição, ou o adiamento de sua participação para 2021, 2022, ou 2023.

"Aplaudo a decisão da New York Road Runners de priorizar a saúde e a segurança dos espectadores e dos corredores", disse o prefeito de Nova York, Bill de Blasio, em nota.

Procurado pela AFP, o vice-presidente de mídia da NYRR, Chris Weiller, afirmou que, antes do cancelamento, a organização "mais de 53.000" corredores este ano, incluindo cerca de 25.000 do exterior.

Leia também