Maradona recebe alta após cirurgia e vai se recuperar em isolamento

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Diego Maradona, 60, teve alta nesta quarta-feira (11) do hospital em Buenos Aires no qual estava internado desde a terça-feira (3) da semana passada, devido a uma operação na cabeça e outros problemas de saúde. A informação havia sido dada pelo advogado do ex-jogador, Matías Morla, e mais tarde foi confirmada pelo seu médico, Leopoldo Luque. Maradona foi operado na semana passada de um hematoma subdural e depois, por decisão familiar e médica, permaneceu hospitalizado devido a uma "baixa anímica, anemia e desidratação" e um quadro de abstinência devido ao vício em álcool, segundo os primeiros informes médicos. "O resultado foi ótimo, Diego está inteiro e com vontade de se recuperar, e hoje [quarta-feira] está prevista a alta", disse Matías Morla aos repórteres na porta do hospital. "O bom é que Diego está inteiro, Diego está firme, Maradona ainda dura um tempo." O campeão do mundo com a seleção argentina em 1986 continuará sua recuperação em uma casa especialmente adaptada nos subúrbios da zona norte de Buenos Aires, à qual só terão acesso poucas pessoas, informou Morla. Com isso, ele deverá ficar afastado das atividades como treinador do Gimnasia La Plata. "Diego talvez tenha passado o momento mais duro de sua vida, e acho que foi um milagre que se tenha detectado esse derrame em sua cabeça, que poderia lhe ter tirado a vida", afirmou o advogado.