Maradona comenta sobre Bola de Ouro: "Teria ganhado uma tonelada"

Pedro José Domingues
·2 minuto de leitura

Em comemoração ao seu aniversário no dia de ontem (30), Diego Maradona concedeu uma entrevista exclusiva à France Football. Entre as principais pautas da conversa, estavam os jogadores que o argentino mais admira, "La mano de Dios" em 1986, e claro, a Bola de Ouro.

Isso foi assunto pelo fato de que até 1995 apenas jogadores europeus eram elegíveis e poderiam concorrer à premiação de melhor jogador do mundo. Após a liberação para jogadores de outros países pudessem ser candidatos, cinco sul-americanos conquistaram o prêmio: Ronaldo, Rivaldo, Ronaldinho Gaúcho, Kaká e Lionel Messi.

De acordo com a revista francesa, Maradona teria ganhado um prêmio honorário por todo o sucesso que fez na carreira.

Antes, nós sul-americanos não tínhamos chance de conquistar esse troféu. Caso contrário, teria acumulado mais de um, com certeza. Eu teria ganhado uma tonelada!Diego Armando Maradona

Quando perguntado sobre um presente de aniversário do sonhos, o argentino disse que queria fazer mais um gol contra os ingleses, só que desta vez, com a mão direita. Maradona foi o autor de um polêmico gol na Copa do Mundo de 1986, contra a Inglaterra, marcando o tento com sua mão esquerda, simulando um cabeceio.

Em sua lista de jogadores preferidos, Maradona não hesitou em dizer Messi e Cristiano Ronaldo. Para ele, não tem ninguém que se aproxime deles e nenhum faz metade do que eles fazem.

FBL-WC-2014-MATCH43-NGR-ARG-FANS | PEDRO UGARTE/Getty Images
FBL-WC-2014-MATCH43-NGR-ARG-FANS | PEDRO UGARTE/Getty Images

Diego Armando Maradona atualmente é técnico do Gimnasia y Esgrima La Plata, e continua sendo referência e ídolo máximo no futebol argentino. Apesar do enorme sucesso de Lionel Messi, nenhum jogador é capaz de bater Maradona no quesito personagem. Duas entidades do futebol argentino, mas de histórias completamente distintas.

Vida longa! #Maradona60