Maracanã terá gramado híbrido em 2022; obra custará R$4 milhões

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
RIO DE JANEIRO, BRAZIL - AUGUST 19:  Sunlight hits the corner of the pitch prior to the Olympic Women's Football final between Sweden and Germany at Maracana Stadium on August 19, 2016 in Rio de Janeiro, Brazil.  (Photo by Stuart Franklin - FIFA/FIFA via Getty Images)
Estado do gramado foi criticado neste 2021. Mudança levará cerca de 90 dias e estádio será liberado para as semifinais do Cariocão. Foto: (Stuart Franklin - FIFA/FIFA via Getty Images)

A operadora do Estádio do Maracanã revelou que o gramado do palco histórico para o futebol mundial será alterado para o ano de 2022. Na próxima temporada, será utilizada uma combinação de grama natural com fibras sintéticas, tornando o gramado do Maraca híbrido

A gestão do estádio foi alvo de inúmeras críticas sobre a qualidade do gramado neste ano, apesar das diversas tentativas para que os problemas identificados fossem consertados. Severiano Braga, CEO do Maracanã comentou sobre o projeto para a próxima temporada: "É uma intervenção necessária, que teve como fatores principais o volume de jogos disputados no estádio e também as interferências climáticas. Serão aproximadamente três meses de trabalho para que o gramado esteja pronto o quanto antes, sem comprometer o calendário de 2022".

Leia também:

O gramado híbrido, utilizado em diversos estádios da Europa e outros continentes, é uma combinação de grama natural com fibras de polietileno, que faz uma espécie de 'costura' entre os dois materiais, para que a grama não 'solte' com tamanha facilidade, como ocorre quando não há a fixação ideal.

A obra, que se inicia ainda em dezembro, terá custo total de R$4 milhões, sem que os clubes de futebol que fazem uso do estádio tenham que desembolsar algo. A empresa que faz gestão do Maracanã é a responsável pelo projeto.

Desde abril do ano de 2019, o Estádio do Maracanã é administrado por Flamengo e Fluminense em conjunto, através de uma concessão do Governo do Estado do Rio de Janeiro, que foi renovada, em novembro, por mais seis meses.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos