Maracanã é um assalto.

Coerente a decisão dos dirigentes de Vasco e Botafogo.

Eurico Miranda e Carlos Eduardo Pereira não aceitaram a proposta da Odebrecht e o Maracanã não irá receber o clássico no fim de semana pelo campeonato estadual.

Independentemente das contas é muito pesado pagar quase 1,4 milhão de reais para jogar no estádio.

Não sei qual é o cálculo efetuado pelo consórcio mas os valores aparentemente são bem salgados.

É uma pena.

O Maracanã tem a cara do Rio. A sensação que dá é que fica cada dia mais inviável jogar lá.