Mapeados: Vasco traça as prioridades para o planejamento de 2020

Felippe Rocha e Luiza Sá
LANCE!
Elenco vascaíno de 2019 durante o último treino da temporada (Foto: Rafael Ribeiro / Vasco)
Elenco vascaíno de 2019 durante o último treino da temporada (Foto: Rafael Ribeiro / Vasco)


Na entrevista exclusiva que conceceu a este LANCE!, na semana passada, o diretor executivo de futebol do Vasco, André Mazzuco, preferiu ser reservado em relação às prioridades do time cruz-maltino para 2020. Em muitas das respostas, o dirigente afirmou que o martelo seria batido somente com a definição do treinador para a próxima temporada. E Abel Braga será apresentado nesta quarta-feira. Mas algumas posições já estava definidas como alvos.

O L! apurou que um lateral-esquerdo, um extremo e um centroavante são as necessidades mais claras observadas pelo departamento de futebol e pela diretoria. Demandas que casam com o retorno de Danilo Barcelos para o Atlético-MG, após empréstimo, com a dificuldade para a manutenção de Rossi no clube e com o baixo rendimento de quem esteve no comando de ataque.

Além das prioridades, um goleiro e um zagueiro também estão nos planos, mesmo que, teoricamente, em um segundo momento. Isso porque a saída de Sidão é quase certa, embora o atleta, adaptado ao Rio de Janeiro, tenha o desejo de permanecer na cidade.

Na zaga, além da prolongada negociação para a renovação de Oswaldo Henríquez, há a incerteza sobre Breno, que tem expectativa de estar à disposição na pré-temporada, mas não entrou em campo em 2019. O Vasco tem os canhotos Leandro Castan e Ricardo Graça com contrato, além de Werley e Miranda também vinculados ao clube para o setor.

Abel Braga teve, nesta terça-feira, a primeira reunião de planejamento do elenco e da temporada. Outras posições podem ter sido citadas, o treinador deve indicar nomes ao longo dos dias, mas o clube já se mexe.




Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também