Manzi põe MV Agusta na frente no primeiro treino da Moto2 em Valência

JULIANA TESSER


Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Stefano Manzi colocou a MV Agusta no topo da tabela de tempos da Moto2 na manhã desta sexta-feira (15). O #62 segurou Brad Binder e Sam Lowes para assegurar o comando no circuito Ricardo Tormo.

Com 1min35s699 na melhor de suas 19 voltas, Manzi garantiu a liderança com 0s046 de frente para Binder, que, por sua vez, foi 0s155 melhor que Lowes, o terceiro colocado.

Stefano Manzi (Foto: Foward)

Fabio Di Giannantonio cravou 1min35s917 e ficou com o quarto posto, à frente de Jorge Martín. Tetsuta Nagashima, que vai correr com a Ajo em 2020, ficou em sexto, seguido por Jorge Navarro.

Xavi Vierge sofreu uma queda nos instantes finais da atividade e acabou na oitava colocação, à frente de Álex Márquez. Luca Marini fecha a lista dos dez melhores colocados.


O GP da Comunidade Valenciana de MotoGP está marcado para o domingo, às 10h (de Brasília). Acompanhe aqui a cobertura do GRANDE PRÊMIO.

Paddockast #42
QUEM É VOCÊ NO GP DO BRASIL?


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM


Saiba como foi o treino livre 1 da Moto2 em Valência:

Apesar do céu azul, a manhã em Valência foi bastante fria. Quando a Moto2 entrou na pista, os termômetros marcavam 14°C, com o asfalto chegando a 9°C. A velocidade do vento era de 10 km/h.

Em sua despedida da Moto2, Brad Binder passou os primeiros minutos da sessão no topo da tabela, mas, depois de cinco voltas, foi superado por um Stefano Manzi 0s121 mais rápido. Álex Márquez tinha o terceiro posto.

Alguns minutos mais tarde, Márquez fez 1min36s193 e assumiu o comando, 0s040 melhor que Manzi. Binder era o terceiro, seguido por Lüthi e Nagashima. 


Manzi não demorou a reagir e recuperou a liderança com 0s019 de margem. Binder seguia em terceiro, acompanhado por Lüthi, Tetsuta Nagashima, Xavi Vierge, Joe Roberts, Marcel Schrötter, Augusto Fernández e Sam Lowes.

 

Aos poucos, Sam Lowes foi escalando a tabela. O britânico saltou para o sexto posto e, na sequência, passou para o quinto lugar.

 

O #22, então, passou em 1min36s069 e assumiu o comando da sessão, passando Manzi por 0s105.

 

Já na reta final da sessão, Fabio Di Giannantonio tomou a ponta de Lowes por 0s127, mas pouco ficou no comando, já que Manzi apareceu 0s218 melhor para colocar a MV Agusta na ponta.

 

Binder, então, foi 0s008 mais lento que Fabio e se colocou em terceiro, à frente de Nagashima, Lowes e Jorge Martín.

 

Lowes reagiu prontamente e, com 1min35s900, voltou ao segundo lugar, baixando a margem de Manzi para 0s201. Martín também melhorou e agora tinha a quinta colocação. 

Já com o cronômetro travado, Binder passou Lowes por 0s155 para ficar como segundo posto, 0s046 mais lento que Manzi.


CHESTE WEATHER


Apoie o GRANDE PRÊMIO : garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.


Leia também