'Manto da desigualdade': Botafogo lança camisa em campanha contra o racismo

·2 min de leitura


Na semana do Dia da Consciência Negra, o Botafogo lançou um novo uniforme. A camisa, intitulada de "Manto da desigualdade", traz dados sobre a desigualdade social e os efeitos do racismo na população para o país nas tradicionais listras.

+ Botafogo supera toda a bilheteria do Brasileirão de 2019 com o valor ganho contra o Operário, na Série B

A equipe vai entrar em campo contra o Brasil de Pelotas, no próximo domingo, pela 37ª rodada da Série B do Brasileirão, vestindo este uniforme. A partida será no Estádio Bento Freitas.

– Essa ação é de grande relevância para a sociedade e entendendo isso, tivemos total apoio da Estrelabet, que cedeu a posição de master para a Centrum e ainda contribuirá também com o debate sobre o tema de racismo no futebol. O clube fica muito feliz em poder colaborar de alguma forma com as discussões sobre o tema e ainda contar com o apoio irrestrito dos seus parceiros - afirmou Lênin Franco, Diretor de Negócios do Botafogo.

Por ser uma parceria com a Centrum, a empresa vai ocupar a posição de patrocínio master, colocando a Estrela Bet para outra posição do uniforme.

Após a partida do dia 21, os uniformes usados em campo serão autografados pelos atletas e leiloados pela plataforma MatchWornShirt, com lucro integralmente revertido para o Observatório da Discriminação Racial no Futebol – que destinará o valor arrecadado para projetos que combatam o racismo no esporte.

As camisas serão disponibilizadas apenas para sócios-torcedores. Ao todo, 1000 peças serão comercializadas - os preços serão de R$ 259,90 (masculina) e R$ 249,90 (feminina).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos