Mansur vê atletas, técnicos e dirigentes usando erros do VAR como 'bengala' para derrotas

LANCE!
·1 minuto de leitura


O jornalista Carlos Eduardo Mansur participou, nesta segunda-feira, do programa "Redação SporTV", e apontou que dirigentes, atletas e treinadores do futebol brasileiro estão tentando "desmoralizar o VAR". Além disso, Mansur criticou que questão polêmica em duelo do Vasco não foi resolvida com antecedência: "É óbvio e inaceitável que o equipamento falhe".

+ Veja a tabela de classificação do Brasileirão

Carlos Eduardo Mansur
Carlos Eduardo Mansur

Mansur: 'Sou completamente a favor do VAR' (Reprodução/SporTV)

- Sou completamente a favor do VAR e acho que existe no futebol brasileiro uma tentativa deliberada e conveniente de desmoralizar o equipamento. É conveniente, porque segue servindo de bengala para reclamação de treinador, jogador e dirigente.

O confronto marcado pela questão foi a vitória do Internacional por 2 a 0 contra o Vasco, em São Januário. Para ele, a tentativa de "desmoralizar" ainda convive com a ajuda de erros do VAR que deixam espaços para as críticas dos esportistas.

- Podemos olhar para o lance e ver ter uma leitura contrária. É óbvio e inaceitável que o equipamento falhe, inaceitável. Aparentemente, seria uma linha no canto que teria problema. (...) É inaceitável, porque os estádios se repetem. São Januário já recebeu outras partidas e essa questão provavelmente já foi colocada. Se fosse uma questão de inverter a câmera? Já deveria ter sido pensada.

No Rio de Janeiro, o Flamengo venceu o Corinthians por 2 a 1, no Maracanã. Já em São Januário, o Internacional arrancou três pontos do Vasco ao ganhar por 2 a 0.

O duelo pelo título do Brasileiro entre Flamengo e Inter segue agitando o topo da tabela. Os dois clubes se enfrentam na próxima rodada, dia 21 de fevereiro, no Maracanã, em disputa direta pelo prêmio e pela primeira colocação, pela 37ª rodada.