Mano Menezes aprova volume de jogo do Cruzeiro contra o Murici

O Cruzeiro bateu o Murici-AL, na noite desta quarta-feira, por 3 a 0, no Mineirão, pela Copa do Brasil, garantindo vaga na próxima fase da competição. Ainda assim, o desempenho foi pior daquele que a equipe vem apresentando até agora na temporada.

Leia mais:

Alisson lamenta gols perdidos, mas garante trabalho duro para melhorar

O time de Mano Menezes marcou um gol de pênalti, e os outros dois foram contra. Na opinião do treinador, entretanto, o volume de jogo da equipe foi suficiente e o agradou.

“A equipe fez os gols que precisava fazer, 5 a 0 na disputa com o Murici. Teve um volume de jogo que poderia terminar com um placar mais elástico. Mas se fizéssemos seis, não iríamos mudar a avaliação que temos dessa disputa. As coisas terminaram bem, é assim que tem que ser. E o que ainda não está como deve estar, vamos trabalhar no dia a dia e melhorar”, destacou.

Mano reconheceu que o adversário dificultou a vida celeste, chegando a Belo Horizonte com uma postura defensiva, mas observou a boa conduta do Cruzeiro dentro da partida para superar esses problemas.

“O adversário veio com muito cuidado defensivo, fez linha de cinco, prendeu os volantes. O espaço entre as linhas era menor. Rodamos a bola, começamos a mexer muito. Quando assentamos um pouco mais, abrimos o campo de jogo e encontramos o caminho para fazer. Poderíamos ter feito mais”, finalizou o comandante.

Agora, o Cruzeiro volta a campo no domingo, contra a Tombense, no Mineirão, pelo Campeonato Mineiro. A equipe ocupa o segundo lugar no Estadual, com 19 pontos, atrás apenas do Atlético-MG, que tem 21, com 100% de aproveitamento na competição.