2 - Mano acha base da equipe do Cruzeiro, mas rodízio não está descartado

ENRICO BRUNO

BELO HORIZONTE, MG (UOL/FOLHAPRESS) - Desde o início da temporada, o técnico Mano Menezes pediu um prazo até o final de fevereiro para achar aqueles que seriam seus onze jogadores ideais na maioria dos jogos. Neste início de março, já é possível indicar quem são esses principais jogadores.

Com a chegada e estreia de Thiago Neves, há pouco mais de uma semana, a equipe titular que mais deverá atuar será formada com: Rafael; Ezequiel, Léo, Manoel e Diogo Barbosa; Henrique e Ariel Cabral; Robinho, Thiago Neves e Arrascaeta; Rafael Sóbis.

Porém, apesar da base já formada, Mano não pretende abandonar o rodízio de atletas, a depender da ocasião. Em março, a equipe enfrentará outra maratona de jogos e o desgaste físico pode acarretar algumas mudanças.

‘Nós vamos usar os jogadores do elenco. O fato de definir uma equipe base não quer dizer que os outros jogadores não serão usados. Essa equipe de base apenas aponta para utilização, em um maior número de vezes, dos jogadores. Mas isso também vai dando conjunto e entrosamento. Todos os jogadores serão importantes. Não tem como jogar esse número de partidas e achar que eles irão suportar em termos físicos atuando a cada três dias e meio‘, comentou o treinador, citando as oito partidas no período de 24 dias neste mês, incluindo viagens longas para Murici, em Alagoas, Joinville e Uberlândia.

Encontrada a equipe titular, o próximo passo é continuar escalando os principais atletas e deixar de usar o time completamente alternativo, utilizado nas rodadas iniciais do estadual.

Se nenhum jogador acusar dores ou incômodos, Mano já confirmou que pretende manter a equipe que venceu a Caldense na última rodada do Mineiro para diminuir as chances de erro e não perder o rival Atlético-MG de vista na ponta da tabela.

‘Não pretendo, não (mesclar a equipe). Nós temos uma diferença de dois pontos em relação ao líder do campeonato e não podemos deixar essa diferença aumentar. Certamente as duas equipes (Cruzeiro e Atlético) vão lutar pela liderança. Estamos nos preocupando com isso. Temos que avançar fazendo pontuação‘, comentou.