Manga é o primeiro ex-jogador no Retiro dos Artistas; Torcedores e Botafogo fazem campanha


Ídolo de clubes como Botafogo, Internacional e Nacional, do Uruguai, e goleiro da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 1966, Manga será o primeiro ex-jogador a morar no Retiro dos Artistas, tradicional instituição localizada no Rio de Janeiro que acolhe, há mais de 100 anos, artistas idosos que passam por dificuldades financeiras. Por isso, torcedores e o clube de General Severiano estão se mobilizando e iniciaram uma campanha para arrecadar fundos para ajudar a instituição e o ex-jogador de 82 anos.

Depois de morar por anos no Equador, país onde se aposentou pelo Barcelona de Guayaquil no começo da década de 1980, Manga foi para o Uruguai. No país vizinho, fez uma cirurgia para tratar uma insuficiência renal aguda. Já com dificuldades financeiras, o ex-goleiro contou com a ajuda de torcedores do Nacional para realizar a operação.

- Eu tive um inchaço na próstata. O Cônsul do Uruguai esteve em Quito, eu não estava muito bem, e minha esposa, Maria Cecilia, perguntou se ele tinha um bom médico. Ele respondeu que sim. Então a decisão dele foi me dar as passagens e embarcar para o Uruguai. Deram casa, comida e me operaram quatro meses depois. Hoje, estou me recuperando. Faz dois meses e meio, mas estou bem. Foi um inchaço muito grande, eu não podia urinar que vinham as dores. A ajuda do Cônsul do Uruguai e também da torcida do Nacional foram muito importantes para mim. Eles arrecadaram dinheiro e deu para pagar médico, comida, não faltou nada - contou Manga em entrevista ao "Uol".

Natural de Recife, o goleiro passou a desejar voltar ao Brasil. Agora, ele será acolhido pelo Retiro dos Artistas, que é presidido pelo ator botafoguense Stepan Nercessian. Mas sua casa no local ainda precisa passar por reformas. Por isso, dois funcionários da ESPN Brasil, que ficaram sabendo da história, iniciaram a campanha para arrecadar dinheiro com os clubes e torcedores.

- Eu sou aposentado aqui no Brasil e sabe como é: um salário mínimo. Espero que a torcida desses clubes (Sport, Botafogo, Inter, Grêmio e Coritiba) ajudem o Manga. Hoje, conseguimos uma "casita", meu sonho é morar aqui no Brasil, e agora vou morar no Retiro dos Artistas. Moramos em Quito, mas não podemos ir para lá por causa dessa situação que está acontecendo (coronavírus) - comentou Manga.

- O Stepan mostrou como é o esquema para ele, mostrou a casa... Eles têm uma casa para eles viverem lá, com cinco refeições por dia, médicos, fisioterapeutas, e não vão pagar nada. Só que agora vamos começar uma campanha para arrecadar dinheiro para reformar essa casinha. É uma campanha via Retiro dos Artistas para reformar a casa, comprar uma cama, um ar condicionado, uma geladeira, um fogão... E hoje foi muito legal porque o Stepan é botafoguense, então pela primeira vez na história o Retiro dos Artistas, em mais de cem anos, está recebendo um ex-jogador de futebol para morar lá - disse Marcelo Gomes, um dos responsáveis pela campanha para reforma da casa de Manga ao lado de Fábio Lonardi.

Manga já está no Brasil e, inclusive, visitou o treino do Botafogo, na última sexta-feira, no estádio Nilton Santos. O clube, inclusive, já divulgou a campanha de arrecadação de dinheiro para a reforma da casa do ídolo que atuou pelo Glorioso entre 59 e 68.











O ex-jogador, no entanto, reclamou da falta de apoio dos clubes brasileiros. Segundo Manga, sua esposa chegou a pedir ajuda ao Botafogo e ao Inter, mas não teve resposta.

- Não teve esse amor pela torcida do Botafogo porque foi um amor encerrado faz tempo, mas tenho um agradecimento ao presidente do Botafogo porque ele me deixou assistir à partida... Pô, um goleiro que joga dez anos no clube e conquista trunfos e não é bem visto, é muito difícil, entende? Mas eu preciso de ajuda, não estou pedindo milhões para viver a vida mais tranquila... E até agora não tive essa conversa com o presidente do Botafogo, para me ajudar. A minha senhora sempre pedia para o Internacional, para o Botafogo, e eles não respondem, e a vida é assim mesmo... Mas no Uruguai eles me ajudaram bastante, me deram casa, comida, tudo, tudo mesmo, e sou muito agradecido - finalizou Manga.

Segundo os idealizadores da campanha, já foram arrecadados cerca de R$ 2 mil, além de uma geladeira e um fogão para a futura casa de Manga. A corrente solidária é através da conta:

Banco Bradesco
Agência: 2957-2
Conta Corrente: 2720-0
Casa Dos Artistas
CNPJ: 39.140.264/0001-86










Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também