Mandar mulher lavar roupa é constrangedor; idade não é desculpa

Alexandre Praetzel
·1 minuto de leitura

Jairzinho, o Furacão da Copa de 1970, é um dos grandes craques da história do futebol brasileiro. No jogo entre Vasco e Botafogo, ele mandou a bandeirinha Neuza Inês Back, experiente árbitra-assistente brasileira, lavar roupa. A idade do ex-jogador, nascido em 1945, não pode ser usada como desculpa para o machismo.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

Veja mais de Alexandre Praetzel no Yahoo Esportes

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos