Mancini vê resultado injusto no Mineirão: “Chape foi a dona do jogo”

Jogando com uma equipe mista, a Chapecoense estreou na Copa do Brasil com derrota de 1 a 0 para o Cruzeiro fora de casa. Contra uma equipe também poupada, o técnico Vagner Mancini acredita que o resultado foi injusto para o futebol apresentado pelo time catarinense no Mineirão.

“A Chapecoense foi a dona do jogo, teve grandes oportunidades. Eu acho que foi injusto o resultado, se é que existe injustiça no futebol. Mas pelo que vimos as duas equipes apresentando, acho que foi injusto”, afinou o comandante do Verdão do Oeste depois do jogo.

O time do interior de Santa Catarina agora terá duas decisões importantes nos próximos sete dias: o segundo jogo da final do Campeonato Catarinense, no domingo, às 16h (de Brasília), contra o Avaí, na Arena Condá, e a Recopa Sul-americana contra o Atlético Nacional, na próxima quarta-feira, na Colômbia.

“Acabamos montando uma estratégia semelhante. Estamos em semana de decisão e tinha que poupar minha equipe. Mas quem entrou jogou muito bem”, acrescentou Mancini sobre a postura tanto da Chape quanto do Cruzeiro, que também reservou algum de seus jogadores visando a final estadual.

“O jogo em Chapecó será muito disputado, mas tenho certeza que ainda está aberto. O Cruzeiro leva a vantagem por ter feito 1 a 0, mas em casa todo mundo sabe que é muito difícil enfrentar a gente”, completou o técnico, ressaltando, ainda, a performance de seu elenco contra a Raposa.